Como lidar com o racismo no ambiente de trabalho

Escrito por jack gerard | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com o racismo no ambiente de trabalho
O racismo pode apontar funcionários individuais e fazê-los sentir indesejados (business image by peter Hires Images from Fotolia.com)

O racismo no local de trabalho pode vir na forma de comentários inadequados, insultos raciais ou tratamento injusto dos funcionários em relação à carga de trabalho, salários e promoções. Essa conduta é inaceitável, e se as práticas de contratação injustas ou favoritismo forem provenientes do empregador, elas são ilegais. de acordo com as normas estabelecidas pela Comissão de Oportunidades Iguais de Trabalho dos EUA (USEEOC) e também violam os padrões de discriminação racial contidas no Título VII da o Atos dos Direitos Civis de 1964. Se você sofrer racismo no local de trabalho ou testemunhá-lo ocorrendo contra os colegas de trabalho, não tenha medo de tomar medidas para que isso seja resolvido da forma correta.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Olhe para a situação de forma objetiva para determinar se realmente é um caso de racismo ou simplesmente uma má interpretação da situação. Insultos raciais e outras formas evidentes de racismo não são suscetíveis de serem mal interpretados, mas os comentários mais sutis podem não ter a intenção racista que parecem ter. Peça um esclarecimento, caso não tenha certeza se uma ação ou comentário foi racista ou não.

  2. 2

    Veja se há explicações alternativas para saber o porquê de certas ações. Ser esquecido para uma promoção, por exemplo, pode não ser um exemplo de racismo se o indivíduo que recebeu a promoção era mais qualificado ou era funcionário há mais tempo. Não assuma que a ação é racista sem primeiro saber mais sobre ela, mas não descarte-a se é possível que ela tenha existido. Pergunte ao seu supervisor para saber mais, certificando-se de ser educado em seu questionamento.

  3. 3

    Converse com os chefes daqueles que estão fazendo comentários ou executando ações racistas, para poder denunciá-los. Muitas empresas e empregadores permitem que os trabalhadores apontem anonimamente comportamentos inadequados, por isso, certifique-se de informar a sua vontade de permanecer anônimo ao supervisor ou a pessoa dos recursos humanos que falar com você.

  4. 4

    Se sua empresa tiver uma ouvidoria interna, use-a. Geralmente elas pertencem à uma parte separada da empresa e reportam diretamente ao escritório corporativo, o que significa que a investigação sobre as alegações de racismo virá de cima, em vez de ser tratada dentro da loja ou escritório.

  5. 5

    Não adie sua denúncia. Se é óbvio que ocorreu racismo, aja o mais rápido possível. Se outras pessoas estavam presentes quando o comentário foi feito ou a ação foi tomada, peça-lhes para ir com você para apoiarem sua reclamação.

  6. 6

    Se a sua queixa não for levada a sério ou for ignorada, contate o USEEOC através de um representante do sindicato ou advogado. O trabalho da Comissão de Oportunidades Iguais de Emprego é certificar-se de que as empresas sigam a lei, conforme estabelecido pela Lei de Direitos Civis de 1964, e investigar o seu pedido para determinar por que sua empresa não parece disposta a tomar qualquer ação em relação à sua reclamação.

Dicas & Advertências

  • Não tenha medo de denunciar o racismo no local de trabalho. Se sofrer alguma ação negativa devido à denúncia, você terá a opção de tomar as medidas legais por conta da demissão injusta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível