Como limpar a pele sarnenta de um gato

Escrito por tammy quinn mckillip Google | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como limpar a pele sarnenta de um gato
Gatos podem ter doenças de pele (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Se o seu gato tem pontos que coçam embaixo de seu pelo, ele pode estar sofrendo alguma doença de pele, as quais podem se tornar sérias se não tratadas. Tratar os sintomas pode tornar o seu gato mais atraente e confortável por um tempo, mas a não ser que você entenda o que causou as feridas em sua pele, o mal irá retornar pouco tempo depois.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Luvas de borracha
  • Calamina
  • Tintura de iodo
  • Creme de iodo
  • Toalha e sabão neutro

Lista completaMinimizar

Instruções

    Doenças Parasitárias

  1. 1

    Examine a pele do seu gato procurando sinais de sarna demodécica ou sarcóptica. Procure, na pele, por manchas inflamadas ou pústulas com sangue e odor forte. Esse são os sinais de sarna demodécica, a qual deve ser tratada por um veterinário. Os outros sintomas são espaços sem pelo ao redor dos olhos e sangramento. O seu gato também poderá apresentar lesões na cabeça, cotovelos e dedos. Se seu gato tiver sarna sarcóptica, ele terá peladas, coceira e pele grossa, cheia de casca. Seu veterinário irá examinar a pele por um microscópio para fazer o diagnóstico definitivo. Qualquer que seja o diagnóstico, para curar a sarna será preciso cremes para pele e medicação antiparasita.

  2. 2

    Procure por evidências de micose, um fungo altamente contagioso que afeta a pele de animais e humanos. Procure por lesões arredondadas ou ovais na cabeça, barriga ou qualquer outra parte sem pelo de seu gato. As lesões podem estar descascadas e faltara pelo ao redor delas devido à coceira. Use luvas de plástico ao procurar por micose, pois a doença é transmitida a humanos. Se você encontrá-la, chame seu veterinário. Ele provavelmente prescreverá uma medicação oral e tintura de iodo. Remova o pelo ao redor das lesões e limpe-as bem antes de aplicar a medicação.

  3. 3

    Procure por áreas duras e alveolares na cabeça, orelhas e patas de seu gato. Essas podem ser causadas por Favus, um fungo parasita que cresce dentro dos folículos capilares. Chame o seu veterinário se você encontrar esse tipo de lesão, e use luvas para transportar o seu gato, pois essa doença também é contagiosa. Peça por tintura de iodo para cuidar do seu animal.

    Condições de pele que não são causadas por parasitas

  1. 1

    Ainda que eczema não seja contagioso nem particularmente perigoso, os seus sintomas imitam os de doenças mais sérias. O seu veterinário precisará fazer uma inspeção microscópica para avaliar o problema de pele de seu gato e descobrir que não se trata de parasitas. Depois que o diagnóstico de eczema for feito, você poderá aplicar loção de calamina, após ter limpado as feridas com sabão neutro e água. Seu veterinário também poderá sugerir que você mude a dieta do seu gato, pois vários ingredientes nas comidas industriais de gato podem contribuir para irritações na pele.

  2. 2

    Examine embaixo do pelo de seu gato procurando evidências de caspa, manchas secas ou pele acinzentada que são facilmente removidas com escova. Feridas de caspa acontecem quando o gato coça sem parar um mesmo lugar. Escove seu gato diariamente com um uma escova de cerdas médias e alimente-o com uma dieta rica em Omega 3 para ajudar a aliviar a pele seca e a caspa.

  3. 3

    Procure por evidências de manchas cheias de pus vermelho na pele de seu gato. Essas podem ser causadas por uma doença altamente contagiosa chamada Impetigo. Use luvas enquanto examina as pústulas do gato, pois elas podem se romper e espalhar a doença pelo contato. Se você encontrar evidência de Impetigo, leve seu animal ao veterinário para conseguir receita de um anticéptico, que será aplicado nas pústulas depois que essas sejam lavadas.

  4. 4

    Suspeite de dermatite generalizada, se seu gato tem coçado muito a pele e perdido pelo em algumas partes, mas sem sinal de pústulas ou cascas. Tente alterar sua dieta adicionando Ômega 3 e diminuindo comida processada. Limpe seu gato com uma toalha úmida e morna vária vezes ao dia e ligue para o seu veterinário, se os sintomas não melhorarem em uma semana.

  5. 5

    Leve seu gato ao veterinário, se você está preocupado que ele seja alérgico a algo em sua casa. Alergias podem causar muitos sintomas que parecem com os causados por fungos, bactérias e viroses. Faça exames em seu gato, se você suspeita de alergia.

Dicas & Advertências

  • Escove o pelo de seu gato várias vezes por dia para remover o excesso de pelos e estimular os óleos naturais de sua pele. Se o seu gato não parar de coçar e morder seus machucados, peça ao seu veterinário por um colar elizabetano, e coloque-o no gato até as feridas se curem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível