Como limpar a psoríase do couro cabeludo

Escrito por contributing writer Google | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como limpar a psoríase do couro cabeludo
Psoríase do couro cabeludo é condição de pele comum que afeta o couro cabeludo (ayurvedic oil massage of the scalp image by NiDerLander from Fotolia.com)

Psoríase do couro cabeludo é uma condição de pele comum, que afeta pelo menos 50 por cento de todos os indivíduos que sofrem com este problema, segundo a Fundação Nacional de Psoríase dos E.U.A. Ela acontece quando a células de pele no couro cabeludo crescem muito rapidamente, formando lesões avermelhadas que são cobertas com escamas. Apesar do couro cabeludo ser um dos lugares mais complicados para tratar esta condição, existem vários tratamentos para alternativos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cetoconazol, piritionato de zinco ou ciclopirox
  • Pomada de calcipotrieno
  • Clobetasol

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre xampus medicamentosos especiais na farmácia. A Sociedade Dermatológica de Nova Zelândia sugere um xampu de alcatrão de carvão ou um xampu antifúngico, tal como o cetoconazol, piritionato de zinco ou cicloporix. Você pode precisar de usá-los regularmente por várias semanas, antes de perceber algum benefício. Apesar de eles serem seguros para o uso diário, podem causar irritação se aplicados mais do que duas vezes por semana.

  2. 2

    A Fundação Nacional de Psoríase sugere que você trate a psoríase de couro cabeludo com pomada de calcipotrieno. A pomada de calcipotrieno é uma forma sintética de vitamina D3 que é formulada para diminuir o crescimento celular da pele, remover as escamas e achatar as lesões. O site Drugs.com sugere o uso tópico deste creme duas vezes por dia, de manhã e pela tarde. Você pode continuar o tratamento por seis a oito semanas, ou como for direcionado pelo seu médico.

  3. 3

    Clareie a psoríase de couro cabeludo usando corticosteroides, caso ela seja localizada. Um estudo de pesquisa feito pela Escola de Medicina da Universidade Wake Forest, publicado no Jornal Online de Dermatologia em 2000, recomenda a aplicação de corticosteroides tópicos, tais como o clobetasol. A pesquisa mostrou que após a aplicação da solução de clobetasol tópico, houve 80 a 100 por cento de melhora em duas semanas, para 80 por cento daqueles submetidos ao tratamento.

Dicas & Advertências

  • Sempre consulte um profissional de saúde licenciado para aconselhamento sobre sua própria condição de pele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível