Mais
×

O linfoma de células B tem cura?

Atualizado em 19 julho, 2017

O linfoma de células B é uma forma de linfoma não Hodgkin, que ataca os linfócitos B, ou células B, no sistema linfático. Os vários tipos de células B são utilizados para criar anticorpos que o corpo utiliza para combater bactérias e vírus.

O linfoma de células B é uma forma de linfoma não Hodgkin, que ataca os linfócitos B ou células B, no sistema linfático (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Difuso de grandes células B

O linfoma não Hodgkin difuso de grandes células B costuma responder bem ao tratamento com quimioterapia, sendo que cerca de metade dos pacientes com este tipo de linfoma são curados com este tratamento, de acordo com a Associação Americana do Câncer.

Linfoma folicular

O linfoma folicular é difícil de curar, mas tende a crescer lentamente. Pacientes sem sintomas não podem ser tratados, a menos que essa forma de linfoma de células B mude para um linfoma difuso de células B.

Leucemia linfocítica crônica e leucemia linfocítica de pequenas células

As formas de linfomas de células B chamadas leucemia linfocítica crônica e leucemia linfocítica de pequenas células geralmente não são curáveis, mas elas tendem a ser de crescimento lento.

Linfoma associado ao tecido linfático de mucosas (Malt)

O linfoma associado ao tecido linfático de mucosas, ou linfoma Malt, muitas vezes pode ser curado em seus estágios iniciais, com tratamento à base de antibiótico.

Linfoma de Burkitt

O linfoma de Burkitt é uma forma de linfoma de células B de crescimento rápido e cerca de metade dos pacientes podem ser curados com o tratamento com quimioterapia intensiva.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article