Uma lista de coisas que você precisa para fazer um robô

Escrito por j.t. barett | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Uma lista de coisas que você precisa para fazer um robô
Todos os robôs têm motores, computadores e fontes de alimentação (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Embora os robôs venham em todas as formas e tamanhos, uma lista de coisas para criá-los inclui várias peças básicas. Eles começam com um quadro, ou plataforma, que detém todas as outras partes. Robôs têm motores para mover os braços e rodas e uma fonte de energia elétrica para movê-los. Além das peças do robô, você precisa de ferramentas para colocá-las juntas.

Outras pessoas estão lendo

Ferramentas

Para fazer um robô, você vai precisar de um conjunto de ferramentas manuais padrão, tais como alicates; chave de Allen, que é uma haste de aço hexagonal fina em forma de L, com ambos os lados que se encaixam em um soquete; e chaves de fenda, para a montagem das peças mecânicas de um robô. Um serrote e estilete são usados para cortar as peças no tamanho adequado. Ferramentas como multímetro, ferro de solda e alicate descascador de fios são usadas nas partes eletrônicas do robô.

Motor de passo

Motores de passo fornecem movimento preciso para braços e rodas do robô. Um motor de passo é um motor elétrico de corrente contínua que vira o seu eixo em alguns graus quando recebe impulsos de um computador. Se o computador enviar ao motor 50 impulsos, por exemplo, ele pode virar o motor a exatamente 180 graus. O computador pode alterar a direção do motor de passo, tornando-o uma fonte ideal de energia mecânica.

Microprocessador e Software

O robô obtém seu comportamento de um controlador de computador, chamado de microprocessador. O microprocessador serve como um "cérebro", conectando sensores e o motor de passo. A programação que você escreve para o microprocessador processa os dados dos sensores e transforma-os em ações para os motores realizarem. Embora possa ser difícil e demorada, essa também pode ser a parte mais divertida de fazer um robô. Você pode continuar a melhorar a programação do seu robô muito tempo depois de terminar sua construção física.

Sensores

A maioria dos robôs possui agora sensores sofisticados que transformam som, luz e outros elementos em sinais eletrônicos. O sensor de movimento detecta obstáculos no caminho do robô e determina sua distância dele. Acelerômetros e giroscópios calibram a orientação e o movimento. A programação no microprocessador lê sinais eletrônicos dos sensores, permitindo que o robô execute ações com base em seu ambiente imediato.

Conjunto de bateria

Sendo um dispositivo elétrico, o robô precisa de uma fonte de energia elétrica. A menos que queira arrastar um cabo de alimentação atrás dele, é necessário o uso de um conjunto de bateria recarregável. Um robô pequeno funciona com um conjunto de baterias de célula D. Robôs maiores podem usar baterias de lítio ou chumbo. Em geral, baterias maiores e mais caras oferecem mais energia e suportam mais ciclos de carregamento.

Plataforma sobre rodas

Um robô precisa de uma plataforma sobre a qual você possa colocar os motores, computador e outras peças. Embora alguns modelos de robô usem pernas para se mover, a maioria tem rodas. A plataforma deve ser grande e robusta o suficiente para carregar a bateria, sensores e motores. Será útil se a plataforma puder lidar com colisões, quedas e outros acidentes. Pense em uma plataforma maior se você desejar que seu robô transporte uma carga.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível