×
Loading ...

Louca por sapatos: os modelos que você não pode deixar de ter

Connel_Design/iStock/Getty Images

Introdução

Será que existe sob a face da terra uma mulher que não seja louca por sapatos? Pode existir, mas, assim como alguns pares, deve ser considerada um artigo raríssimo. Usar um determinado estilo de calçado pode dizer muito sobre nossas emoções e refletir nosso humor. Mas o que importa é ter no armário os mais variados estilos, capazes de combinar com qualquer roupa e qualquer ocasião. Confira os tipos de sapatos que não podem faltar para as amantes de calçados!

Pascal Le Segretain/Getty Images Entertainment/Getty Images

Delicadeza de bailarina

As sapatilhas tiveram origem no calçado usado pelas bailarinas nos anos 1940. São consideradas a forma mínima de vestir os pés. É muito confortável, prática e feminina. Elas vão bem com quase todo o tipo de roupa como jeans, vestidos, shorts e leggings. As cores e os materiais como plástico, verniz, couro e até veludo oferecem uma variedade de modelos tanto para trabalhar como para uma ocasião mais descontraída.

Jason Kempin/Getty Images Entertainment/Getty Images

Escarpins são pura elegância

Pernas e pés bem torneados calçando scarpins altíssimos com pontas finas têm um efeito poderoso e são extremamente sensuais! Toda mulher deve ter um par do modelo na cor preta, mas também deve investir nos coloridos. O scarpin pode ser usado com vestidos de festas, com terninhos e quem quer um look mais moderno e despojado, pode arriscar um jeans com a barra dobrada ou com um modelo bem justinho. Vai arrasar!

Andreas Rentz/Getty Images Entertainment/Getty Images

Bota de montaria para todas!

As botas de montaria, também chamadas por especialistas em moda de "ridding boots" ou "equestrian boots" eram usadas apenas pelos praticantes de hipismo. Mas seu uso acabou sendo popularizado e conquistou mulheres no mundo todo. A bota de montaria tem salto baixo, bico arredondado, cano longo e geralmente é confeccionada em couro. O modelo é muito usado no inverno e é de fácil combinação. Use com jeans skinny, calça legging, vestidos curtos, casacos compridos e até shorts mais largos, em estilo boyfriend. Tem que ter!

Ethan Miller/Getty Images Entertainment/Getty Images

Anabela é bela (e muito feminina)

A sandália anabela é puro charme. Ela tem um salto sem muita inclinação que geralmente é feito de corda, ráfia ou cortiça e muitos modelos têm tiras para serem amarradas nos tornozelos. É indicada para ocasiões descontraídas, casuais e são a cara do verão. As anabelas ficam muito bem com saias curtas, vestidinhos, shorts boyfriend e saias longas. Mas tome cuidado para que a saia toque o peito do pé e fique a dois dedos do chão. Assim não tem erro!

Elisabetta Villa/Getty Images Entertainment/Getty Images

Meia pata é poder

Esse modelo de calçado é muito sexy e elegante. Os saltos são altíssimos e finos. Eles receberam esse nome por possuir uma plataforma na parte da frente dando a impressão mesmo de uma pata. Por incrível que pareça, esse tipo de sapato é muito confortável. Embora o salto seja alto, a plataforma da frente ameniza e ‘desconta’ a altura do salto. Eles ficam incríveis com vestidos tanto longos como curtos. Mas, como já são bastante chamativos, cuidado para não exagerar e deixar o look pesado ou vulgar.

Jason Kempin/Getty Images Entertainment/Getty Images

Ankle é sinônimo de conforto

Em inglês, a palavra ankle significa tornozelo. Como o próprio nome diz, essa é a bota de cano curto, na altura dos tornozelos. Esse tipo de calçado é ideal para quem tem a canela mais fina e, às vezes, tem receio em usar outros tipos de bota por ficar “sobrando”. As ankle boots combinam com legging, skinny, saias e shorts. As baixinhas devem usar sempre meia-calça na cor da bota para não achatar a silhueta. Já as altas, podem usar e abusar!

Mike Coppola/Getty Images Entertainment/Getty Images

Rural chic

As botas country já são um clássico e há tempos deixaram de ser usadas só no campo. Elas são muito fashion e confortáveis. Com a biqueira pontuda e salto médio, o calçado ganhou sensualidade ao ser integrado ao guarda-roupa feminino. Elas combinam com jeans, mas sempre fora da calça. Ficam muito modernas se usadas com vestidos florais, soltinhos, acima do joelho (mas não muito curto) e também com um vestido mais discreto, com corte clássico.

Jeff Schear/Getty Images Entertainment/Getty Images

Peguei do namorado

O Oxford é um tipo de calçado com grande apelo fashion, além de muito versátil. Ele pode ser usado praticamente o ano todo, ainda mais com esse clima maluco dos últimos tempos. Fabricados com vários materiais, eles são muito confortáveis. Uma dica para arrasar é sempre usá-lo com uma produção bem feminina como vestidos florais e minissaias. Aí você quebra a monotonia com uma peça tradicional do guarda-roupa masculino, mas que caiu no gosto das mulheres.

Frazer Harrison/Getty Images Entertainment/Getty Images

Pura ousadia

As sandálias gladiadoras foram inspiradas nos modelos usados na antiguidade pelos romanos. Elas são cheias de amarrações e tiras até os tornozelos. São muito sexy e, para usá-las, é preciso ter estilo e ousadia. Elas combinam com jeans e ficam perfeitas com shorts de modelagem larguinha. Saias e vestidos também são indicados, mas esqueça os modelos floridos e aposte em cortes mais clássicos e estampas modernas.

Matthew Peyton/Getty Images Entertainment/Getty Images

Arrasta a rasteirinha

Tem coisa melhor do que sair por aí no verão com uma rasteirinha? Mas atenção, seu uso é bem mais restrito do que o da sapatilha. Esse modelo de calçado só deve ser usado em ocasiões informais, com um clima bem descontraído como na praia. Elas combinam com shorts, bermudas, saias e vestidos (tanto curtos como longos, de verão) e com jeans de modelagem skinny.

Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images

Inspiração militar

Antigamente os coturnos eram usados apenas pelos homens, mas com o passar do tempo, se transformaram em um calçado que foi incorporado pelo guarda-roupa feminino. Os coturnos têm inspiração militar e dão um ar jovem e rebelde à produção. Mas, para encarar, é preciso ter atitude, garota! O coturno vai muito bem com saias e vestidos jeans. Tanto um agarradinho, como o estilo mais largo, o boyfriend. Se estiver surrado, então, vai ficar super cool. E também cai muito bem com leggings.

Jason Merritt/Getty Images Entertainment/Getty Images

É tamanco ou scarpin?

A mule é basicamente um chinelo, uma espécie de tamanco misturada com um scarpin. Foram os italianos que lhe puseram um salto (até então, era um calçado baixo usado dentro de casa). A mule foi hit nos anos 90 e veio para ficar. O salto é bem democrático, pode ser alto ou baixo e ela pode ser usada em ocasiões mais despojadas, tanto de dia quanto à noite. Combina muito com jeans reto com a calça dobrada na altura do tornozelo e vestidos na altura do joelho. Nunca use com meia-calça ou peças compridas. Não fica harmonioso e você ainda corre o risco de tropeçar.

Tim Whitby/Getty Images Entertainment/Getty Images

Charme retrô

O modelo peep toe é muito sexy e irreverente. Ele tem um ar retrô e é aquele que deixa um ou mais dedos à mostra. Geralmente, eles tem salto alto e conferem muita elegância à produção. O peep toe (dedos aparecendo, numa tradução livre) pode ser usado nas mais variadas ocasiões. Com vestidos fluidos, saias, shortinhos e jeans ficam uma graça. Use e abuse!

Ian Gavan/Getty Images Entertainment/Getty Images

Suba nos tamancos!

O tamanco é um dos calçados mais antigos de que se tem notícia. Acredita-se que ele surgiu na Idade Média e até os dias de hoje é um dos mais queridinhos do closet feminino. Nos anos 1970 foi febre no o Brasil, principalmente os modelos com sola de madeira. Como são muito informais, devem ficar longe do trabalho e de ocasiões mais formais. Em hipótese alguma use com meia-calça. O tamanco fica bem com shorts, saias e calças justas e barra mais curtinha.

Gareth Cattermole/Getty Images Entertainment/Getty Images

Cadê meu mocassim?

Muito usados nos anos 1990, os mocassins voltaram com tudo! Criado pelos índios norte-americanos e tipicamente masculino, esse modelo de calçado ganhou o coração das mulheres amantes de sapatos estilosos. Assim como Oxford, ele dá um toque irreverente ao look. Fica ótimo com vestidinhos, shorts, macaquinhos e saias de cintura alta. É possível encontrar pares em cores fortes, que dão brilho às produções monocromáticas. Invista!

Julien M. Hekimian/Getty Images Entertainment/Getty Images

Chanel é chic

A estilista Coco Chanel criou esse modelo de sapato na década de 1960. Ele é conhecido em todo o mundo por ser atemporal e muito elegante. Tem formato alongado, o bico fino (pode ser encontrado com algumas variações) e apenas uma tira atrás, no calcanhar. Ele deve ser usado com roupas clássicas, vestidos longos ou na altura dos joelhos e de corte reto, taillers, mas também vai bem com um jeans reto e camisa.