Mais
×

O lulu-da-pomerânia possui pelo ou cabelo?

Atualizado em 23 março, 2017

O lulu-da-pomerânia é uma raça anã de cachorro, facilmente identificável por sua pelagem comprida e grossa, geralmente de coloração marrom-clara com manchas brancas ou marrom-escuras. Eles são uma espécie em miniatura da raça spitz alemão, e ficaram populares depois que a rainha Vitória teve um. Alguns donos dessa raça de cachorro não tem certeza se a pelugem deles é considerada cabelo ou pelo. Uma examinação de ambos é o suficiente para se obter uma resposta.

O lulu-da-pomerânia é caracterizado por seu tamanho pequeno e seu pelo grosso (George Doyle & Ciaran Griffin/Stockbyte/Getty Images)

Composição química

A níveis químicos, não há nenhuma diferença entre o cabelo e o pelo, já que ambos são feitos da proteína queratina. Características como grossura, comprimento e forma de crescimento são definidas pela genética da espécie e do indivíduo, sem trazer nenhuma distinção entre cabelo e pelo. O comprimento da pelugem de um spitz anão tem a ver com sua predisposição genética, e não com essa denominação.

Diferença fundamental

A única diferença identificável entre cabelo e pelo é a presença da caspa animal, pequenas partículas de pele e óleo que ficam presas debaixo da pelugem de animais como o cachorro e o gato e podem causar alergia aos humanos. Enquanto que cabelos produzem partículas em forma de caspa, também conhecida como seborreia, eles não apresentam caspa animal. Por mais que não haja diferença química, a pelugem do spitz anão produz caspa animal e, portanto, é considerada como pelo, e não cabelo.

Além disso, a grossura da pelugem do lulu-da-pomerânia faz com que ele seja uma má escolha para pessoas com alergia a animais. Devido ao pequeno tamanho das partículas da caspa animal, elas podem ficar suspensas no ar durante várias horas, além de ficarem presas em roupas, móveis e carpetes. Isso faz com que a caspa acumule durante meses. Porém, esse problema pode ser controlado mantendo o cachorro longe de camas e de outros móveis que possam acumular caspa. Também é recomendado usar purificadores de ar, aspirar o pó diariamente e dar banhos no animal regularmente, de preferência com um xampu inibidor de caspa.

Pelugem do spitz anão

Os spitz anões possuem duas camadas de pelugem. Uma é mais longa, fofa e macia, enquanto que a outra é mais curta. Não há distinção entre as duas camadas, da mesma forma que uma pessoa cujo corte de cabelo foi feito em camadas não nota uma diferença evidente de camada. Os filhotes de lulu-da-pomerânia perdem essa camada mais externa e, possivelmente, algumas partes da camada interna quando possuem entre três e sete meses de idade. Ao atingir entre nove e 11 meses, a pelugem longa e macia deve crescer novamente.

Perda de pelugem

Em raras ocasiões, o lulu-da-pomerânia pode sofrer de uma doença chamada de síndrome da perda severa de cabelos. Isso acontece principalmente com machos. O pelo do filhote fica muito curto, sem os fios mais compridos que compõem a camada externa. Ele cai muito devagar mas, ao cair completamente, não volta a crescer. A doença também pode acontecer quando o cachorro estiver mais velho, sendo que o pelo começa a afinar lentamente. Normalmente, os primeiros sinais surgem na parte de trás da coxa e das nádegas, progredindo para a parte traseira do corpo. É uma doença genética, ou seja, se os pais apresentarem-na, ela também pode aparecer nos filhotes.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article