Luxação patelar em cães

Escrito por rena sherwood | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Luxação patelar em cães
Raças miniatura têm mais chance de desenvolver luxação patelar (Image by Flickr.com, courtesy of Wayne Silver)

A luxação patelar ou luxação de patela são os termos veterinários para uma rótula deslocada. Nos cães, as rótulas estão localizadas apenas nas patas traseiras, na articulação do joelho (o ponto mais próximo das costelas do cão). A luxação patelar geralmente aparece antes de o cão completar um ano de idade.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Um cão com luxação patelar tem cãibras intermitentes e inchaço nas patas traseiras. Olhando para as pernas a partir do final da cauda do cão, de repente, aparecerão pernas arqueadas.

Causas

De acordo com o livro " Dog Owner's Home Veterinary Handbook", existem duas causas para a luxação de patela em cães - problemas de nascimento ou lesões. Entretanto, a causa na maioria dos cães é genética.

Significância

Cães com luxação de patela podem eventualmente tornar-se deficientes se não forem submetidos à cirurgia.

Raças

Todas as raças de cães ou mestiços podem desenvolver luxação patelar, mas segundo nota Race Foster, raças longas e baixas como Basset ou Dachshunds são mais propensas, seguidas de raças miniatura como Chihuahuas e Yorkshire Terrier.

Tratamento

O tratamento habitual para luxação de patela em cães é a cirurgia, mas Foster acrescenta que pode não ser necessária em todos os cães. A cirurgia aumenta o sulco troclear, que é o que mantém a patela no lugar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível