Como macerar frutas

Escrito por morgan o'connor | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como macerar frutas
Aprenda a macerar frutas (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Quando falamos de fruta, a maceração se refere a dois processos diferentes, mas relacionados. Em um, você mergulha a fruta em um líquido e o deixa absorver o sabor. No outro, simplesmente polvilha açúcar na fruta, que absorve a umidade e deixa a fruta embebida em seu próprio suco. Ambos os processos dão um sabor extra a elas; colocá-las imersas em líquidos diferentes acrescenta novos sabores, enquanto o açúcar espalhado tornará o suco mais doce.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Faca, opcional
  • Tigela não-reagente (de vidro, cerâmica ou inox)
  • Líquido com sabor

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Fatie ou corte todas as frutas que você não deseja macerar por inteiro. Isso inclui grandes frutos, como maçãs e pêssegos (dos quais deve-se remover os caroços e sementes) ou pequenos frutos que queira servir cortado em pedaços ou fatias, como morangos. Se estiver usando frutas secas ou pequenas frutas frescas, não se preocupe em fatiá-las ou cortá-las.

  2. 2

    Coloque as frutas em uma tigela não-reagente. Adicione o líquido com sabor de sua preferência, em quantidade suficiente para cobrir a fruta. As opções incluem vinho, licor, suco ou até mesmo vinagre. Se quiser usar o método da maceração de açúcar, polvilhe a fruta cortada com esse ingrediente, cobrindo todos os seus lados expostos. Neste método, considere adicionar um toque de limão ou de suco de limão para uma acidez extra, se não quiser que o fruto fique excessivamente doce.

  3. 3

    Adicione quaisquer outros ingredientes que você desejar usar para dar sabor à fruta. Eles podem variar de um gosto sutil, como baunilha ou mel, a um ousado e forte, como páprica ou pimenta caiena. Outras opções incluem diversos extratos de ervas frescas, gengibre, temperos cítricos, uma pitada de vinagre balsâmico ou qualquer outro que você ache que possa complementar o sabor da fruta.

  4. 4

    Cubra a tigela com papel filme ou com uma tampa. Deixe a fruta assentar por meia hora, no mínimo. Na verdade, o ideal é que ela fique imersa durante um dia inteiro. As frutas secas precisam de mais tempo que as frescas, assim como as inteiras (como uvas) em comparação com fatias de mesmo tamanho. Experimente a fruta quando achar que ela está pronta; isso o ajudará a decidir se deve deixá-la mais tempo na maceração ou se poderá usá-la.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível