Manchas amarelas em folhas de amoreiras

Escrito por dannah swift | Traduzido por ale grassi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Manchas amarelas em folhas de amoreiras
Pucciniales é um dos fungos mais comuns encontrados em amoreiras (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

O Pucciniales é um dos fungos mais comuns encontrados em amoreiras. É uma infecção fácil de se identificar devido aos esporos amarelos em pó que aparecem rapidamente na folhagem. Outro fungo encontrado em amoreiras é o Alternaria. Ele é bem menos comum e ataca principalmente a amora silvestre, porém, pode aparecer em amoras cultivadas.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os brotos de amora emergem pequenos, fracos e delgados. A folhagem é verde pálido e menor que o normal. Plantas novas e maduras desenvolvem pústulas de cera em suas folhas que acabam se transformando em um pó laranja. Esses esporos são facilmente transportados pelo vento e infectam plantas saudáveis. Uma vez infectada, é impossível confundir a sua cor amarelo-laranja brilhante por qualquer outra coisa.

Danos

O fungo Pucciniales não chega a matar a planta, mas pode enfraquecê-la consideravelmente. Plantas afetadas por ele produzem cada vez menos frutos ao ano, até que não produzem mais. É uma doença que oferece uma considerável ameaça econômica aos cultivadores, especialmente porque as plantas devem ser destruídas na obtenção de controle.

Controle

Remova plantas infectadas o mais rápido possível. O Pucciniales é um fungo poderoso por ser sistêmico. Ele é perene e inverna no sistema radicular, reaparecendo a cada ano, mesmo em plantas saudáveis. Arranque as plantas pela raiz e queime-as por completo. Se sua plantação de amoras estiver em uma área onde existam amoras silvestres, remova-as e queime-as também, uma vez que podem representar uma reserva da doença, de acordo com especialistas da Universidade de Ohio.

Alternaria

Alternaria é o nome de um fungo estrangeiro. Natural da Europa, África do Norte e Oriente Médio, sua primeira aparição nos Estados Unidos foi no estado de Oregon em 2005. É especialmente prejudicial a amoras silvestres invasivas, tornando-se um pouco vantajoso, mas também pode infectar o cultivo da amora. Sua preferência por arbustos silvestres é mais um motivo para mantê-lo sob controle.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível