A maneira mais rápida de fazer a unha do dedão morta cair

Vendo 1 de 3
  • Retire a unha morta do seu dedão (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

    Onicomicose é embaraçoso, feio, doloroso e pode levar a morte das unhas. A infecção pode acontecer nas unhas das mãos ou dos pés, mas nesses últimos elas são mais comuns, devido ao ambiente escuro e úmido em que vivem. A unha fornece uma proteção para os fungos cresceram. Quando ela morre, removê-la é a chave para acabar com a dor e a aparência feia.

    Deslize aqui para continuar
  • Remoção

    A maneira mais rápida de remover a unha morta do seu dedão é ir ao médico. Você não deve tentar retirá-la sozinho em casa ou com a ajuda de alguém não qualificado. Ajuda profissional minimizará a chance da infecção se espalhar, assim como a dor associada ao processo. Marque uma consulta com o seu médico. Entretanto, você não deve retirar sua unha se tiver má circulação, pois uma excisão pode levar a uma infecção séria e, possivelmente, a perda do seu dedo ou perna. Trate a má circulação antes de cuidar de sua unha desfigurada.

  • Outros remédios

    A cura por medicação oral e tópica não será tão rápida quanto a remoção da unha, mas podem curar com relativa rapidez e encorajar o crescimento da unha. Prescrições orais incluem os ingredientes itraconazol, fluconazol, griseofulvina ou terbinafina, os quais podem causar efeitos colaterais como dores de estômago e cabeça, além de problemas no fígado. Se você está preocupado com os efeitos colaterais, o tratamento tópico, contendo melaleuca, lavanda e tomilho, mostrou-se ser tão efetivo quanto. Em ambos os tratamentos, paciência é a chave. A unha não crescerá novamente de um dia para o outro, mesmo que você a retire imediatamente. Use água morna e compressas de sal para combater a dor durante todo o episódio da infecção, desde a remoção até a cura.

  • Prevenção

    A chave para evitar unhas mortas é prevenir que uma infecção por fungo aconteça. Uso prologando de esmalte pode provocar a morte das unhas. Dê a sua unha uma semana de férias entre um esmalte e outro. Deixe-os tomarem ar, sem esmalte, pois ele pode ser um refúgio para o fungo, fornecendo o ambiente escuro, úmido e quente que ele precisa para crescer. Lave e seque bem o seu pé e certifique-se de tomar banho com chinelo em chuveiros públicos, vestiários e beirada de piscina, pois o fungo gosta desse tipo de lugar. Use meias 100% algodão, lã ou seda, que absorvem a umidade, além de sapatos ventilados.

  • Deslize aqui para saltar publicidade
Vendo 1 de 3
Ver tudo em uma página

Foto