Maneiras de destruir a pintura de um carro

Escrito por jenny carver | Traduzido por lucas borges
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Maneiras de destruir a pintura de um carro
Itens caseiros podem causar danos severos à pintura de um carro (Luxury Car sportscar from my luxury car series image by alma_sacra from Fotolia.com)

Destruir a pintura de um automóvel pode ser feito de maneira relativamente fácil usando diversos métodos. Estragar o revestimento do carro de outra pessoa é ilegal e punível com multas pesadas e provavelmente com um tempo na prisão. Existem vários meios de destruir a pintura de um carro utilizando objetos domésticos comuns. Estes itens podem destruí-la desde a superfície até o metal cru, resultando em um dano grave. O único jeito de recuperar o dano do carro é realizar uma pintura completamente nova.

Outras pessoas estão lendo

Destrua a superfície da pintura

Borrifar ou esfregar algo na direção do carro é a maneira mais fácil de destruir a pintura. Muitos itens caseiros podem ser usados para isto. Creme de barbear jogado em cima do revestimento irá deixar uma descoloração permanente em todo lugar que for colocado. Polidor de sapatos na lataria do veículo irá resultar no mesmo tipo de eliminação dos pigmentos. Sprays de festa e mostarda podem remover a pintura de um carro caso sejam deixados por tempo suficiente para secar sobre o veículo. Fluido de freio pulverizado em uma superfície do carro pode causar danos severos à pintura, deixando marcas em todos os lugares nos quais o líquido escorrer. Isso pode deixar listras na pintura. Removedores de tinta funcionam da mesma maneira que o fluido de freio, quando pulverizado sobre o revestimento. Um removedor de tinta com química forte irá remover os pigmentos até a parte de metal puro. Ao utilizar estes produtos, a única maneira de consertar a pintura é removê-la completamente e pintar tudo novamente.

Dano pesado

Existem outros métodos de destruir a pintura de um carro de modo a danificar não apenas a pintura, mas também a superfície do carro. Riscar linhas profundas na superfície do carro pode causar danos suficientes para necessitar retirar toda a pintura, lixar as goivas e depois repintar a área ou o carro por inteiro, dependendo da cobertura dos riscos. Pontas afiadas são necessárias para se fazer isto. O objeto mais utilizado é uma chave. Outros objetos que podem causar danos profundos são gilete, chave de fenda, raspador de tinta e outros tipos de ferramentas sólidas. Usar uma lixa para friccionar contra a pintura danifica a mesma, sendo necessário repintar. Uma outra maneira de destruir a tinta é deixar que massa de concreto seque sobre ela. Derramar concreto recém-misturado em um carro e deixá-lo secar pode causar um dano grave. O concreto terá que ser retirado e irá destruir a pintura durante o processo.

Mitos sobre destruir a pintura de um carro

Existem diversos mitos em relação à destruição da pintura de um carro. Afirma-se que colocar fatias de mortadela em um automóvel afetaria a tinta, deixando marcas em todos os lugares em que ela for colocada. Isso não é verdade. Mesmo deixando mortadelas sobre o carro durante a noite e na luz do dia, isto não irá causar pontos descoloridos. Haverá marcas gordurosas no carro, mas elas podem ser lavadas. Outro rumor é que vinagre derramado sobre um carro pode causa descoloração. Isso não é verdade. Ele não irá destruir a pintura, a menos que o vinagre seja muito ácido e seja deixado sobre o carro no sol por um longo período de tempo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível