Maneiras de diminuir o nível de PSA após cirurgia de próstata

Escrito por alexis writing | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Maneiras de diminuir o nível de PSA após cirurgia de próstata
Há algumas formas para diminui os níveis de PSA (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Um dos principais indicadores de câncer de próstata é um alto nível de antígeno específico da próstata (mais conhecido pela sua sigla em ingês, PSA) nos níveis plasmáticos sanguíneos de homens. Altos níveis de PSA são muitas vezes motivo de preocupação, pois indicam anormalidades na próstata, incluindo a possível presença de um tumor maligno na região. Uma recorrência bioquímica de PSAs altos pode ser observada após a cirurgia da próstata, o que pode indicar problemas futuros. Os homens podem tratar níveis elevados de PSA após a cirurgia de próstata para garantir a sua saúde continuada.

Outras pessoas estão lendo

Terapia hormonal

A terapia da privação do andrógeno, vulgarmente conhecida como tratamento hormonal, interfere com os níveis de testosterona em homens após a cirurgia de próstata e pode diminuir os níveis de PSA. Bloquear a testosterona causa uma falta de combustível para as células cancerígenas da próstata, o que dificulta o seu crescimento. A terapia de estrogênio, por si só ou em combinação com outros antiandrógenos, também pode ser uma terapia eficaz na redução dos níveis de PSA. Efeitos colaterais sexuais associados a este tipo de terapia são comuns e imprevisíveis. Tal tratamento pode resultar na diminuição de massa muscular, em disfunção erétil e retardamento ou interrupção do crescimento de cabelo. Devido a isto, estas terapias são administradas e cuidadosamente monitoradas por médicos para determinar a eficácia. Biópsias imediatas podem ser preferidas por pacientes que estão desconfiados de tais efeitos colaterais.

Antibióticos

O tratamento com antibiótico é o determinado pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (sigla em inglês, FDA) como um tratamento seguro para os efeitos colaterais pós-cirúrgicos de inflamação da próstata. Os médicos esperam que os antibióticos e/ou outra terapia medicamentosa, incluindo novos antibióticos como o Cipro, sejam capazes de ajudar a diminuir os níveis de PSA. Embora a inflamação e o inchaço causados por cirurgia de próstata geralmente possam ser aliviados com tratamento antibiótico, nenhuma ligação conclusiva foi demonstrada entre o tratamento com antibióticos e a redução dos níveis de PSA.

Nos testes realizados pela Clinical Trials.gov, o Cipro, que é um antibiótico anti-inflamatório comum, foi testado como um método de redução dos níveis de PSA. O Cipro não foi mais eficaz na redução dos níveis de PSA que as drogas placebo. Embora isto não signifique necessariamente que o Cipro é ineficaz no tratamento de níveis elevados de PSA, isso pode demonstrar que são necessários mais testes antes que sejam colhidos resultados conclusivos. Muitos médicos ainda preferem antibióticos como um passo intermediário no tratamento de PSAs elevados pós-cirúrgicos, e antes de realizar uma biópsia.

Observe e espere

A última coisa que muitas pessoas querem ouvir depois de uma longa e árdua jornada de cirurgia de próstata é ter que esperar uma semana ou mais antes de prosseguir em quaisquer testes. Muitos médicos, no entanto, afirmam que fazer uma biópsia imediatamente após a identificação de altos níveis de PSA, pode ser um erro doloroso, caro e até desnecessário. A elevação nos níveis de PSA após a cirurgia de câncer de próstata é normal, tanto que a metade dos homens que se submetem à cirurgia de próstata podem acabar com níveis anormais de PSA no primeiro teste. Erros de laboratório e níveis flutuantes podem significar que um paciente não tem nenhum problema. Antes de chegar a uma conclusão sobre o aumento no nível de PSA após a cirurgia, você deve esperar para ter uma segunda opinião.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível