Mantenha sua navegação escondida com o modo privado do seu navegador

Escrito por michael cox | Traduzido por michel makarios
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A navegação privada não é um manto de invisibilidade na web, e se você não entender exatamente o que ela faz e não faz, você pode acabar bastante envergonhado.

Éuma batalha contínua — grandes e pequenas empresas fazem o seu melhor para acompanhar os nossos hábitos de navegação na Web, enquanto nós fazemos o nosso melhor para mantê-lo o mais privado possível. É por isso que foi tão comentando quando os principais navegadores começaram a lançar a navegação em "modo privado". Finalmente, podemos clicar e ficarmos invisíveis... certo? Não é bem assim. Modo privado, ou "modo pornô", como é às vezes pejorativamente chamado, não é realmente tão privado quanto parece. Dependendo de como quiser usar os recursos de privacidade, pode ser o que você precisa, mas não é um manto de invisibilidade na web, e se não entender exatamente o que ele faz e não faz, você pode acabar bastante envergonhado.

O que o modo privado faz?

Em poucas palavras, modo privado impede seu navegador de salvar informações localmente. Em todos os principais navegadores, o modo privado faz duas coisas muito legais: apaga cookies e limpa seu histórico e arquivos temporários. O primeiro mantêm longe os sites, anunciantes e outras entidades de acompanharem sua navegação. O segundo evita, digamos, o seu parceiro de descobrir que você passou as últimas duas horas à procura de decorações para uma festa surpresa. (Ei, você pode usar o modo privado para o bem, assim como o mal!)

Por outro lado, se você não habilitar os cookies, sites de jogos podem não acompanhar a sua pontuação e produtos não ficarão em seu carrinho de compras para comprar mais tarde. Desabilitar o histórico significa que a próxima vez que quiser encontrar um site, sua barra de endereços não completará a URL automaticamente para você. Se tiver ativado o recurso de salvar senhas no navegador, essa funcionalidade não se aplicará às senhas que você inserir durante uma sessão privada, por isso certifique-se de lembrar todas as senhas que você criar quando estiver incógnito.

Embora você possa controlar individualmente como o navegador lida com cookies e histórico, o modo privado permite desativá-los sob demanda, sem ter que alterar as preferências individuais.

Safari

A Apple foi a primeira a adicionar um "modo privado", chamado Private Browsing (Navegação Privada), em 2005. O Private Browsing é fácil de encontrar no menu do Safari. Você será solicitado para confirmar se realmente quer navegar em particular. Estranhamente, o Safari não lhe pede para confirmar quando você quer parar. Enquanto você navega em particular, Safari aceita cookies temporários, de modo que você pode entrar em locais ou fazer compras, mas quando você encerra a sessão esses cookies são descartados.

Além de limpar os cookies e bloquear histórico, Private Browsing também limpa downloads concluídos da janela de downloads do Safari, e quaisquer termos de pesquisa e URLs que você digita desaparecem depois de excluí-los da barra de endereços, para que a função Autocomplete não volte para assombrar você. Safari também vai suspender a sincronização com o iCloud enquanto a sessão estiver ativa.

Internet Explorer

Microsoft chama seu modo de privacidade "InPrivate Browsing", e também varre todos os vestígios de sua navegação quando terminar. Ao contrário do Safari, que coloca todo o navegador nesse modo, o IE permite que você abra as guias privadas enquanto navega normalmente em outras. Isso abre novos usos para o recurso, tais como entrar em duas contas do Gmail ao mesmo tempo.

Para abrir uma aba InPrivate no Windows 10 dentro da interface do usuário do Windows, escolha a opção "Nova Guia InPrivate" no menu na barra de guias "...", ou escolha "Navegação InPrivate" a partir do menu Ferramentas.

Se você estiver usando o Internet Explorer 9, clique com o botão direito sobre o ícone do Internet Explorer na barra de tarefas e escolha "Iniciar Navegação InPrivate".

Chrome

Quando você escolhe "Nova janela anônima" no menu Chrome, você vai entrar no recurso que o Google chama de "modo anônimo". Como outros navegadores, o Chrome vai aceitar cookies durante a sessão, mas excluí-los quando você fechar as janelas. Ele também irá limpar seu navegador e históricos de busca. Como o IE, Chrome permite que você abra janelas anônimas e normais ao mesmo tempo, por isso tome cuidado para que você não use uma janela normal para a sua navegação "privada" sem saber.

Outra pegadinha que você pode encontrar com o Chrome é a sua conexão com propriedades da Google Web: se você entrar na sua conta Google a partir de uma janela anônima, suas pesquisas subsequentes serão salvas no seu histórico online da Google Web. Para esconder completamente os seus rastros de busca, você deve desabilitar o histórico da web em sua conta do Google.

Firefox

Navegação privada no Firefox abrange todas as bases habituais, não deixando cookies, cache ou histórico quando você terminar. Firefox também acrescenta a opção de iniciar sempre no modo de navegação privada na janela Preferências do navegador. Para a privacidade por sessão, escolha "Iniciar Navegação Privada" no menu "Ferramentas".

O que o modo privado não faz?

A maior falha no modo privado é que os sites ainda podem rastrear sua navegação usando o endereço IP do seu computador. Além do mais, o seu Provedor de Serviços de Internet e o departamento de TI do seu emprego também podem. Por esse motivo (entre outros), navegação em modo privado não é para acessar sites proibidos durante o trabalho, por exemplo. Até o roteador da sua própria casa pode lhe trair, se você — ou alguém — configurá-lo para registrar o uso.

Modo privado não costuma bloquear cookies inteiramente, então suas atividades na web podem ser monitoradas durante a sessão privada. A maioria dos navegadores também oferecem uma opção "não rastrear", embora tenha em mente que isso não funciona como parece - depende de outras partes respeitarem o pedido. Não acredite que você não está sendo rastreado.

Se você tiver baixado algum arquivo durante a sessão privada, esses arquivos permanecem em seu computador até que você exclua-os manualmente. O mesmo vale para os favoritos que você marca enquanto está incógnito. As versões mais antigas de navegadores não limpam cookies Flash, então atualize para a versão mais recente para a melhor privacidade.

Finalmente, o modo privado não irá protegê-lo de um software malicioso que espiona seus hábitos de navegação, e como o Google avisa quando você abre uma janela anônima, você ainda vai ter que se cuidar com as pessoas que estão atrás de você.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível