Marcas na pele e problemas renais em recém-nascidos

Escrito por christine daniels | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Marcas na pele e problemas renais em recém-nascidos
Rins (Image by Flickr.com, courtesy of hobvias sudoneighm)

Após o nascimento, o bebê precisa passar por exames para detectar quaisquer anormalidades. Intercorrências como marcas na pele e problemas renais não são incomuns em recém-nascidos. As lesões cutâneas não são prejudiciais aos bebês e são uma ocorrência normal, mas se há alguma coisa errada com os rins, é comum os médicos recomendarem um exame de ultrassom para avaliar esses órgãos. Os problemas renais em recém-nascidos são graves e devem ser tratados o quanto antes.

Outras pessoas estão lendo

Identificando as marcas na pele

As marcas na pele são pequenos crescimentos de tecido macio, embora algumas possam ter o tamanho de mais ou menos 1 cm. Elas geralmente não crescem e podem estar localizadas no pescoço, axilas, dobras do corpo ou outras áreas. Essas marcas são geralmente da cor de pele mas, às vezes, podem ser mais escuras, mas, em geral, são benignas e não causam dor. Elas podem ser pouco atraentes e desconfortáveis, mas podem ser facilmente removidas por um bom pediatra ou cirurgião plástico. Se as marcas não causam irritação, a remoção não é necessária.

Problemas nos rins

A insuficiência renal pode ser aguda ou crônica. As doenças agudas se desenvolvem rápido e podem ser muito graves. Elas tendem a ter consequências duradouras, mas se tratadas, podem durar por um curto período de tempo e ir embora uma vez. Por outro lado, as doenças crônicas tendem a permanecer e piorar ao longo do tempo. Alguns bebês nascem sem rins ou com anomalias nesses órgãos, necessitando, nesses casos, de um tratamento rigoroso. Quando os rins já não podem mais trabalhar adequadamente, ocorre o que chamamos de de insuficiência renal, que é quando a filtragem do sangue fica lenta ou não ocorre de modo correto. Isso pode causar acúmulos de resíduos e de substâncias tóxicas na corrente sanguínea.

Ligando os dois problemas

As marcas na pele são comuns em recém-nascidos com problemas renais. Os médicos não sabem ao certo a razão de essas duas condições estarem interligadas, porque essa associação não é consistente. Alguns bebês com marcas na pele apresentam problemas renais mas, ao mesmo tempo, muitos deles não têm nada. Quando são detectadas, um exame de ultrassom é recomendado como medida de precaução, visto que as lesões cutâneas podem ser uma boa indicação de que existe um problema renal. Elas geralmente aparecem na orelha do bebê, e as orelhas e os rins se desenvolvem ao mesmo tempo, quando o feto ainda está se formando no útero.

Tratamentos

O tratamento para marcas na pele é opcional e implica na remoção cirúrgica, realizada por um cirurgião plástico ou pediátrico. O nitrogênio líquido é um tratamento comum para tumores de pele. Quando é aplicado, ele destrói o tecido celular de modo rápido e eficiente. A eletrocirurgia ou eletrólise é outra técnica utilizada e é sempre realizada por um profissional com o uso de uma agulha elétrica. Cortar o fornecimento de sangue usando um fio ou uma linha, fará com que a marca de pele caia.

Quanto aos problemas renais, o médico verificará se existem outras condições ou doenças que podem ser a causa, incluindo uma obstrução do trato urinário ou o uso prolongado de medicamentos que podem danificar os rins, como alguns antibióticos e analgésicos. As principais opções são cuidados paliativos e o tratamento intensivo com terapia de substituição renal (TSR). Discuta com o nefrologista (médico especializado em distúrbios renais) outras opções de tratamentos.

Significância

Precisamos dos rins para nos manter hidratados, pois, sem eles, morremos. São eles que controlam o equilíbrio de sal e de água em nosso organismo. O rim tem de ser capaz de excretar absolutamente nada de sangue na urina. Se não conseguem expelir alguma substância para a urina, ela permanece dentro do corpo e torna-se extremamente tóxica. As marcas na pele são, ocasionalmente, uma indicação de um problema ou de anomalias nos rins. Certificar-se de que rins do recém-nascido estão funcionando corretamente é fundamental para garantir que ele tenha uma vida longa e saudável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível