Máscara caseira pintada de zumbi

Escrito por lauren vork | Traduzido por erika f curto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Máscara caseira pintada de zumbi
Aprenda a fazer sua máscara de zumbi (Sandy Huffaker/Getty Images News/Getty Images)

A cultura do horror envolvendo zumbis tem permanecido uma das favoritas por décadas, tornando as fantasias de zumbi uma constante escolha para o Dia das Bruxas ou encenações. Ainda que você possa criar alguns bons efeitos de zumbi usando maquiagem e pequenas próteses, para um rosto realmente horrorizante com pele decompondo, você precisa de uma máscara de cabeça inteira. Enquanto que uma boa cabeça de zumbi é tão horripilante quanto impressionante, construir a sua própria com látex líquido e tinta não é tão difícil quanto possa pensar. Algumas técnicas de maquiagem testadas e comprovadas em látex irão te ajudar a criar uma máscara que fará os espectadores gritarem com um prazeroso nojo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Manequim de peruca de isopor
  • Filme plástico de cozinha
  • Látex líquido
  • Pincéis de espuma descartáveis
  • Toalha de papel
  • Dentes de borracha para fantasias novo
  • Tesoura
  • Tinta acrílica
  • Sangue artificial espesso

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Envolva o manequim de isopor firmemente com o filme plástico de cozinha, firmando no lugar para garantir que não escorregue. Adicione pelo menos duas camadas, porém se o formato da cabeça de isopor for muito menor do que o da sua, adicione mais, para obter a espessura correta.

  2. 2

    Cubra a cabeça com algumas camadas de látex líquido, usando um pincel descartável. Aplique menos camadas, e mais grossas se quiser que a pele final pareça enrugada, como se estivesse em maior decomposição. Use mais camadas, e mais finas, se preferir que a pele se adapte ao formato da cabeça e pareça mais fresca. Apenas aplique novas camadas somente após a última ter secado por completo (entre 20 minutos a uma hora, dependendo da fórmula do látex), e aplique o bastante para que o látex tenha uma grossura de cerca de 60 cm.

  3. 3

    Aperfeiçoe os detalhes. Faça uma pasta de papel toalha finamente picado misturado com látex líquido e use-a para dar detalhes à máscara, esculpindo diretamente sobre as camadas anteriores, como se fosse argila. Crie orelhas, nariz e boca, fazendo-os o quão deformado e distorcido você quiser que seja - há uma grande margem para erro nesse tipo de projeto macabro, mesmo que você não seja um bom escultor. Adicione tiras de toalha embebida em látex em sequência, para criar a impressão de tecido muscular exposto, se quiser.

  4. 4

    Coloque dentes na máscara. Após as camadas anteriores de látex terem secado o suficiente para remover a máscara do manequim, corte o látex na área da boca. Insira os dentes de borracha falsos nesse buraco, e então sele-os no lugar com mais látex líquido (aplique como cola) e pedaços de papel toalha embebido em látex. Pinte uma fina camada de látex sobre todos os dentes para que tenham cor e textura consistente com o resto da máscara quando secar.

  5. 5

    Cubra a máscara com uma camada cor de pele de cadáver. Para uma decomposição leve, misture um tom comum de pele com branco (três partes de tom de pele para uma parte branca), e em seguida, adicione meia parte de cinza. Para uma decomposição mais intensa, faça o mesmo, mas adicione um pouco mais de branco e iguale partes de cinza e verde (experimente com essas medidas para descobrir qual prefere).

  6. 6

    Pinte as fendas da máscara com tinta preta e vermelho sangue. Trabalhe as fendas e rachaduras da máscara com tinta preta e deixe secar. Em seguida, preencha as áreas mais rasgadas e desiguais com sangue artificial espesso.

  7. 7

    Crie dimensões de um corpo em decomposição com tinta. Pinte círculos pretos ao redor dos olhos, nariz, dentro de qualquer papada ou ruga, e no interior e ao redor da boca.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível