Massagem para tratar um espasmo muscular no bíceps e quadríceps

Escrito por jason brick | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os espasmos musculares podem ser muito dolorosos, às vezes até mesmo perigosos, pois podem limitar a mobilidade nos momentos em que ela é importante. Para espasmos nos quadríceps e bíceps, muitas das mesmas regras e técnicas são aplicadas.

Se o espasmo muscular dura mais de meia hora, considere procurar atendimento médico. Espasmos musculares muito frequentes poderiam indicar desidratação ou uma falta de certos minerais, especialmente do potássio.

Outras pessoas estão lendo

Técnica da mão

Enquanto massageia, utilize o lado plano da extremidade dos dedos da mão, e não as pontas dos dedos. Isso garante a sua sensibilidade e impede que você acidentalmente aplique muita pressão. Ao aplicar pressão, incline-se sobre o corpo do seu paciente. Não tente fazê-lo apenas flexionando os dedos: as mãos se desgastarão muito antes que seu trabalho esteja feito.

Da suavidade à pressão

Ao massagear, especialmente uma área lesada, comece com uma muito ligeira pressão para soltar a musculatura. Conforme o músculo começa a relaxar, aumente a quantidade de pressão lentamente. Se você sente o músculo apertar sob a pressão, ou caso o paciente se queixe de dor, alivie-a.

Encontre o inchaço

Em muitos casos, você encontrará um ponto que estará particularmente apertado ou duro ao toque. Depois de certificar-se que não é um osso, dê a essa área uma atenção especial. Mova as pontas dos seus dedos em pequenos círculos sobre esse ponto até sentir o relaxamento sob a pressão. Alterne entre massagear o músculo inteiro e focar em um ponto.

Óleos e loções

Óleos e loções são frequentemente associados com massagem, mas não são necessários. Eles oferecem alguma lubrificação, reduzindo o atrito. Muitas pessoas acham que isso é mais agradável, principalmente se o óleo ou loção cheira bem.

Unguentos e bálsamos são uma história diferente. Eles são medicamentos especificamente concebidos para ajudar a curar os músculos danificados. Enquanto eles certamente podem ajudar a aliviar um músculo doendo, eles não devem ser usados ​​como parte de uma massagem.

Quadríceps

Ao massagear os quadríceps, mova as mãos a partir do topo dos músculos (próximo ao quadril) em direção ao joelho. É melhor posicionar-se perto da parte traseira do pé e inclinar-se para trás, permitindo que o peso do corpo aplique a pressão a esses grandes músculos.

Bíceps

Ao massagear os bíceps, mova as mãos a partir do topo (próximo ao ombro) em direção ao cotovelo. É melhor posicionar-se perto da mão e puxar em direção a ela. Se possível, tenha o paciente deitado para que ele possa relaxar o braço enquanto você faz isso.

Desprendimento

Desprendimentos são parte integrante da massagem terapêutica em que o terapeuta impulsiona um polegar, o dedo ou até mesmo uma cotovelada em um ponto particularmente teimoso. Isso pode acabar com um nó no músculo danificado, mas também pode danificá-lo ainda mais. Sem treinamento formal em técnicas de massagem, não use desprendimentos ao tratar um espasmo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível