Como a matemática é usada no basquete

Escrito por john lindell | Traduzido por julio vizo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como a matemática é usada no basquete
Como a matemática pode ser usada no basquete (Ryan McVay/Digital Vision/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Médias

A matemática tem um papel determinante no cálculo das estatísticas que avaliam a performance de um jogador na quadra de basquete. Ao calcular a média de pontos de um jogador por jogo, pegue o número total de pontos feitos por ele em todos os jogos e divida pelo número total de jogos dos quais ele participou. Outras estatísticas como rebotes, assistências, tocos, roubadas de bola e minutos jogados por jogo são calculadas desta mesma maneira.

Como a matemática é usada no basquete
Ao calcular a média de pontos de um jogador por jogo, pegue o número total de pontos feitos por ele em todos os jogos e divida pelo número total de jogos dos quais ele participou (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Taxas

Um dos números mais importantes que os técnicos observam nos jogadores é a taxa de assistências. Este número é mais importante para defensores que têm a missão de puxar um contra-ataque. Ele é determinado pelo número de assistências médias de um jogador e comparado com o número de roubadas de bola em um jogo. Por exemplo, um jogador que tem uma média de 9 assistências por jogo e 3 roubadas de bola tem uma taxa de assistência por roubada de bola de 3 para 1, a qual é considerada excelente.

Porcentagens

A porcentagem de cestas feitas é calculada pegando-se o número total de tentativas e dividindo-o pelo total de cestas concretizadas. Qualquer número perto de 50% é considerado muito bom. Desta maneira, um jogador que acerta 11 cestas em 20 tentativas tem uma porcentagem de 55%. As porcentagens de arremesso livre e de 3 pontos são calculadas da mesma maneira.

Estratégia

A matemática entra em jogo. Um treinador irá optar por jogadores com baixos índices de acertos nos arremessos livres nos minutos finais, se sua equipe estiver atrás, na esperança dele perder os lances livres e permitir que sua equipe recupere a bola e pontue. Na NBA, um time tem 24 segundos para realizar uma jogada, isto os força a atirar a bola, por exemplo, no final de um quarto, o que pode determinar ou não se a equipe vai pegá-la novamente com tempo suficiente para promover mais uma jogada. Considere uma equipe que tenha a posse de bola com 42 segundos para o fim do quarto. Fazendo as contas, eles sabem que se atirarem a bola em qualquer momento após 18 segundos, o outro time poderá segurar a bola para um último arremesso, porque só restarão 24 segundos para o fim do quarto. Algumas equipes optam por arremessar rapidamente, sabendo que mesmo se o outro time usar os seus 24 segundos para trabalhar a bola, ainda haverá tempo de sobra para ficarem com um último arremesso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível