Medicação para problemas de coluna em Dachshunds

Escrito por christien aguinaldo | Traduzido por mayra chibante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicação para problemas de coluna em Dachshunds
Os dachshunds são mais propensos a terem problemas no disco, devido ao alongamento dos seus corpos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A doença do disco invertebral (DDIV), ou discopatia, ocorre devido a uma degeneração gradual dos discos invertebrais. Ela ocorre, mais comumente, em raças menores, como os dachshunds, e causa uma dor aguda e um trauma na espinha vertebral. O veterinário pode examinar e detectar o problema através de radiografias ou raio x. O tratamento varia, de acordo com a extensão da degeneração do disco, deslocamento e danos. Existem muitos tipos de medicamentos que o veterinário pode prescrever ao cão que sofre desse problema, baseado na severidade da lesão.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas tratáveis

Certos tratamentos visam à eliminação dos sintomas causados pelo problema e ainda tentam prevenir ferimentos futuros. Os sintomas leves da degeneração (ou deslocamento) de disco podem ser tratados com o uso de anti-inflamatórios e, se os sintomas forem mais severos, a dosagem pode ser aumentada. Os sintomas iniciais da DDIV incluem leves deficiências neurológicas e dor. Nesse caso, o animal precisa de repouso total junto com uma combinação de medicamentos, sob a supervisão de um veterinário. Normalmente, mantê-lo na casinha por cerca de 6 semanas, junto com os anti-inflamatórios, é a primeira linha de tratamento quando um dachshund demonstra sinais de problemas no disco.

Medicação

Anti-inflamatórios não-esteroides e corticosteroides são a medicação mais comum para se aliviar a dor. Os esteroides previnem a recidiva de uma lesão devido a uma compressão ou contusão. Relaxantes musculares proporcionam alívio para dor. Antiácidos podem, também, serem recomendados para prevenir disfunções gastrointestinais causadas por outros medicamentos que o cão está recebendo. Um funcionamento anormal da bexiga pode ser tratado com o uso de antibióticos. No caso de dor severa, analgésicos narcóticos são prescritos a essa raça.

Cirurgia

Se o seu cachorro não responder aos medicamentos ou possuir múltiplas recorrências de sintomas leves de DDIV, isso pode resultar em paralisia a longo prazo. Geralmente, a paralisia ocorre devido a uma DDIV irreversível, por isso, por precaução, a cirurgia pode ser uma opção. Esse procedimento visa à prevenção da recorrência do problema, aliviando a pressão na espinha e tentando, também, eliminar os sintomas. Já que treinamentos especiais e um certo nível de experiência são exigências para se realizar a cirurgia da DDIV, seu veterinário pode recomendar um outro profissional mais qualificado para esse propósito. O procedimento pode proporcionar a completa cura para o seu animal, permitindo que ele ande novamente.

Terapias alternativas

Para cachorros que não respondem à medicação e para os quais a cirurgia não é uma opção, a acupuntura pode ser muito eficaz. O procedimento é relativamente não invasivo e indolor. Essa terapia é adequada para cachorros com deficiências neurológicas leves ou que sintam somente a dor. Outra alternativa é a hidroterapia. Embora as terapias não tradicionais, como a homeopatia e a terapia holística combinem os benefícios e mistura de ervas com espiritualismo, não há evidência científica que prove o seu mérito. Todas as terapias alternativas devem ser aplicadas sob a atenta supervisão de um veterinário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível