Medicações usadas para eutanasiar cães

Escrito por alice moon | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicações usadas para eutanasiar cães
Existem muitas drogas disponíveis para a eutanásia (Public Domain photo by Svdmolen @ http://www.everystockphoto.com/photo.php?imageId=1693581)

A eutanásia recebe o nome das palavras gregas usadas para designar uma boa morte - um passamento que significa um mínimo de sofrimento ou angústia para o animal. Veterinários têm muitas drogas a sua escolha quando é necessário colocar um animal para dormir. O profissional também pode usar um sedativo para acalmar o animal antes de usar o agente de eutanásia, mas esses medicamentos podem afetar a circulação e retardar os efeitos dos agentes usados.

Outras pessoas estão lendo

Escolhendo o agente

Veterinários escolhem os métodos para utilizar para a eutanásia com base no cumprimento de uma série de critérios vitais, incluindo o tempo que leva para criar a perda de consciência, a confiabilidade do método e seu efeito que ele causa nos observadores.

Os métodos devem ser adequados para a espécie de animal, sua idade e a necessidade de examinar os tecidos depois da morte. O método escolhido não deve ser reversível, e também deve proteger o pessoal envolvido.

Agentes de eutanásia podem provocar a morte por perturbar a atividade cerebral, pela privação de oxigênio ou causando a depressão dos neurônios que controlam funções vitais. A perda da consciência vem antes da perda do controle muscular, para fornecer um procedimento indolor.

Barbitúricos

Os barbitúricos são de ação rápida, baratos e causam o mínimo de desconforto para os animais, mas eles exigem pessoal treinado para injetá-los por via intravenosa, e os animais que receberam a injeção devem ser contidos. Esses medicamentos podem ser usados ​​em cães, gatos, cavalos e animais de pequeno porte.

O pentobarbital causa inconsciência e parada cardíaca. A morte parece tranquila e pacífica. Ele pode ser combinado com hidrato de cloral para animais grandes. Ele deprime a área do cérebro que controla a respiração.

A droga pode ser administrada através de três rotas - intravenosa, intracardíaca (para ser usado apenas em animais inconscientes ou profundamente sedados) ou intraperitonial (leva até 15 minutos para fazer efeito em um gato ou cão).

A T-61 combina três drogas de eutanásia. A tricaína-metano-sulfonato é adequada para uso em peixes e anfíbios.

Anestésico inalado

Há um grande número de agentes inaladores, mas poucos são preferidos para utilização. O éter funciona lentamente, é irritante e inflamável. O metoxiflurano age lentamente e pode causar agitação, mas é aceitável para os roedores.

O isoflurano tem um odor pungente. Os animais podem resistir a respirá-lo e, por isso, pode precisar de mais do medicamento (em comparação ao halotano). O desflurano é a forma menos solúvel e mais pungente, o que pode retardar a indução de inconsciência.

O halotano é a escolha preferida e age como um anestésico rápido. O enflurano é tão eficaz como o halotano, mas pode causar convulsões. O sevoflurano é menos potente que o halotano.

Pequenos animais podem ser colocados numa câmara de gás. O monóxido de carbono pode ser usado depois de o animal estar inconsciente. O dióxido de carbono, nitrogênio e argônio também são usados algumas vezes​​. O óxido nitroso pode ser usado juntamente com outros inalantes, mas não funciona sozinho. Por fim, a anestesia geral pode ser utilizada juntamente com o cloreto de potássio, uma vez que é obtido mais facilmente e é menos tóxico nos restos do animal.

Alguns destes agentes, incluindo os nitrosos, podem ser usados de forma abusiva pelo homem e alguns podem causar efeitos secundários graves em seres humanos expostos, tornando seu uso potencialmente mais problemático.

Animais grandes

Animais de grande porte podem necessitar de cateterização, devido à quantidade de barbitúrico necessária para a eutanásia. Para esses animais, o veterinário pode escolher a Suomulose (secobarbital e cinchocaína) ou o Tributame (embutramide, cloroquina, lidocaína), porque eles constituem menos volume de injeção. Eles supostamente agem mais rápido por causa disso. As drogas causam perda de consciência e parada cardíaca, separadamente.

Razões

A eutanásia pode ser utilizada em certas situações, para animais saudáveis ​​e doentes terminais. É usada como uma forma de morte digna para os animais que podem sofrer em seus últimos dias, os idosos, ou aqueles nos estágios terminais de uma doença. Esse método é usado para eliminar animais perigosamente doentes (como aqueles que têm raiva) e animais com o comportamento perigosamente agressivo.

Usos mais polêmicos incluem eutanasiar um animal por causa da falta de espaço em uma casa ou abrigo, a falta de casas disponíveis para adoção de animais e lesões ou doenças que podem ser tratadas, mas estão além dos meios financeiros do responsável pelo animal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível