Qual é o medicamento genérico para o Lexapro?

Escrito por barb nefer | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é o medicamento genérico para o Lexapro?
Saiba o nome do ativo do Lexapro para não comprar o genérico errado (Visage/Stockbyte/Getty Images)

O Lexapro é um antidressivo popular, que também pode ajudar a reduzir a ansiedade em alguns pacientes. Por ser um medicamento referência e de marca, ele é relativamente caro. Mesmo com descontos, o Lexapro ainda será o mais caro por ter uma marca. Ele não é mais protegido por patente, então é muito importante saber do nome do ativo para quando for comprá-lo para não cometer um erro e levar o medicamento errado.

Outras pessoas estão lendo

Definição

O Lexapro é a marca do antidepressivo feito pela empresa Forest Laboratories em Nova Iorque. Oxalato de escitalopram é o nome genérico para o ingrediente ativo do Lexapro.

Função

O Lexapro é um inibidor seletivo da recaptação de serotonina, sendo que esta é um neurotransmissor do corpo humano. O ação do Lexapro resulta em uma maior disponibilidade da serotonina no cérebro. Esse remédio consegue fazer isso sem afetar muito os níveis de dopamina e norepinefrina. Acredita-se que baixas concentrações de serotonina são a causa da depressão e que o Lexapro combate essa doença aumentando a duração do efeito desse neurotransmissor.

Uso

O Lexapro é geralmente usado para combater a depressão em adolescentes e adultos, com 12 anos de idade ou mais. Ele geralmente é prescrito como um tratamento de ansiedade para adultos, particularmente para o Transtorno de Ansiedade Generalizada. O genérico desse medicamento também serve para tratar os mesmos problemas. Porém, tanto o Lexapro como o genérico só estão disponíveis com venda sob prescrição médica.

Efeitos colaterais

O Lexapro pode causar efeitos colaterais como insônia, suor excessivo, problemas sexuais, náuseas e fadiga. Se esses efeitos forem muito incômodos para o paciente, o médico pode aconselhar a troca de medicação.

Advertência

Mesmo com a patente do Lexapro vencendo em 2012, algumas farmácias de Internet já vendiam versões genéricas desse remédio, com preços ridiculamente baixos. O eMedTV adverte que essas medicações são provavelmente falsas e que elas podem ser perigosas, já que não se sabe o que as pílulas realmente contêm. Mesmo se a farmácia disser que o genérico para o Lexapro é o escitalopram, fique atento. Embora o escitalopram seja o princípio ativo encontrado no medicamento de referência, ele não equivale à versão genérica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível