Medicamentos que causam insuficiência renal

Escrito por leigh a. zaykoski | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicamentos que causam insuficiência renal
Alguns medicamentos causam insuficiência renal (Creatas Images/Creatas/Getty Images)

Medicamentos de prescrição e de venda livre são feitos para tratar os sintomas ou as causas subjacentes de muitas doenças e condições médicas. Apesar de muitos serem efetivos, alguns têm efeitos colaterais severos que podem ser potencialmente fatais. Um possível efeito colateral dos medicamentos de prescrição e dos de venda livre é a insuficiência renal. Aprenda sobre os medicamentos que causam insuficiência renal para que você possa determinar se um medicamento é o certo para você.

Outras pessoas estão lendo

Contraste de gadolíneo

O gadolíneo é um contraste químico usado para potencializar as imagens produzidas por ressonância magnética e por tomografia computadorizada. Um indivíduo que não possui problemas renais pré-existentes não deve se preocupar com a administração de gadolíneo durante um exame de imagem. No entanto, um indivíduo com lesão renal ou insuficiência renal pode desenvolver uma doença chamada fibrose sistêmica nefrogênica se o gadolíneo for usado como um material de contraste. Isso causa um espessamento da pele, dos órgãos corporais e de outros tecidos e não tem cura. O gadolíneo também pode piorar a insuficiência renal ou fazer um indivíduo sem problemas renais prévios entrar em insuficiência renal aguda.

Antibióticos

Os antibióticos aminoglicosídeos podem causar nefrotoxidade, que é o acúmulo de toxinas nos rins. De acordo com um artigo publicado no Journal of Clinical Pathology, os antibióticos nesse grupo causam alterações enzimáticas renais que são associadas com uma deterioração na função renal. Os indivíduos que foram diagnosticados com doença renal ou insuficiência renal não devem tomar antibióticos aminoglicosídeos a não ser que as demais terapias antibióticas tenham sido inefetivas. Se esse tipo de antibiótico dever ser tomado, o paciente pode ser monitorado com exames de sangue e de urina para garantir que não ocorra um declínio severo na função renal.

Inibidores de ECA

A angiotensina II aumenta a taxa na qual os rins podem filtrar os produtos residuais para fora do sangue. Os inibidores de ECA impedem que a angiotensina I seja convertida em angiotensina II, portanto existe menos angiotensina II disponível para ajudar os rins filtrarem os resíduos. A American Academy of Family Physicians recomenda que qualquer pessoa que use inibidor de ECA deve ter seus níveis de nitrogênio uréico (BUN), de creatinina e de potássio testados logo após o medicamento ser iniciado. Esses valores são indicadores de função renal e os valores anormais podem ajudar os médicos determinarem se o inibidor de ECA causou um declínio na função renal.

Bloqueadores do receptor de angiotensina II

Os bloqueadores do receptor de angiotensina II afetam a função renal muito semelhante aos inibidores de ECA que causam uma diminuição na função renal. Essas drogas são utilizadas para tratar pressão arterial elevada e bloqueiam os efeitos da angiotensina. A angiotensina causa constrição dos vasos sanguíneos, portanto o bloqueio dos efeitos da angiotensina permite que os vasos sanguíneos dilatem para reduzir a pressão arterial. No entanto, isso reduz a quantidade de angiotensina disponível para aumentar a taxa na qual os rins filtram os produtos residuais. Isso pode levar a uma diminuição da função renal e eventualmente uma insuficiência renal.

Drogas anti-inflamatórias

As drogas anti-inflamatórias não esteroides (AINEs) como a aspirina e o ibuprofeno são conhecidos causadores de insuficiência renal. Assim como a angiotensina ajuda a aumentar a taxa de filtração dos rins, as prostaglandinas também aumentam a taxa de filtração glomerular. As prostaglandinas são hormônios locais que participam na dilatação e na constrição dos vasos, na contração e no relaxamento dos músculos lisos e no processo inflamatória. Como os AINEs bloqueiam a produção de prostaglandina, eles podem levar a uma diminuição na taxa de filtração do rim e eventualmente causar insuficiência renal aguda.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível