Medicamentos injetáveis para diabetes

Escrito por sandra parker | Traduzido por rodrigo da silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicamentos injetáveis para diabetes
Existem vários medicamentos que os pacientes podem injetar para controlar esta doença (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A diabetes é uma doença que requer medicação, seja por via oral ou injetável, para controlá-la. Existem vários medicamentos que os pacientes podem injetar para controlar esta doença.

Outras pessoas estão lendo

Insulina

A medicação injetável mais comum para o controle do diabetes é a insulina. Os pacientes injetam insulina em si mesmos várias vezes ao dia, de acordo com os níveis de açúcar no sangue, de modo a manter um nível normal de glicose.

Pranlintide

O Pranlintide é outro medicamento injetável para diabéticos usado para controlar a doença. O Pranlintide é uma forma sintética do hormônio amilina, que funciona em conjunto com a insulina e o glucagon para controlar o açúcar no sangue.

Exenatide

O Exenatida é um novo medicamento destinado a reduzir a glicose no sangue, estimulando a produção da insulina natural do corpo. Ele só funciona quando um alto nível de açúcar no sangue está presente, reduzindo quase completamente as chances de um paciente ter uma experiência de hipoglicemia.

Medicamentos orais

Outros medicamentos destinados a controlar o diabetes estão disponíveis, mas até o momento estão disponíveis somente para administração oral.

Advertências

A administração de medicamentos orais e injetáveis ​​é fundamental para controlar esta doença, para a qual não existe cura. Todos estes medicamentos injetáveis ​​carregam algum risco de efeitos colaterais, mas o risco para a saúde do paciente é muito maior se os medicamentos não forem utilizados ou forem usados ​​de forma inadequada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível