Medicamentos para tireoide que não causam queda de cabelos

Escrito por nadia benavidez | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicamentos para tireoide que não causam queda de cabelos
Queda de cabelos é um sintoma comum em pacientes com hipotireoidismo (Isolated comb with hair image by Andrey Khrobostov from Fotolia.com)

Outras pessoas estão lendo

Hipotireoidismo

Hipotireoidismo ocorre quando sua glândula tireoide não produz hormônios o suficiente. Ela está localizada à frente e abaixo em seu pescoço, e produz hormônios para regular processos metabólicos em seu corpo. Segundo a Dra. Mary Parks, da FDA (Food and Drug Administration, nos Estados Unidos), quando a sua tireoide não funciona de forma adequada, as funções em seu cérebro, coração, rins, fígado e pele são afetadas.

O funcionamento de sua tireoide pode ser afetado por má alimentação, produtos químicos na comida, consumo de gorduras saturadas, radiação de raios-x, álcool e drogas. Os sintomas do hipotireoidismo incluem ganho de peso, fadiga, depressão, pele seca e queda de cabelos.

Queda de cabelos é um sintoma comum em pacientes de hipotireoidismo. Quando você começa a tomar medicação para tratar sua tireoide pouco ativa, você vai continuar a sentir os sintomas do hipotireoidismo por 2 a 3 meses. Continuar a perder cabelos após começar a medicação para tireoide é normal; porém, se isso ainda estiver acontecendo após 3 meses, você deve consultar seu médico.

Medicamentos para tireoides pouco ativas fornecem um hormônio idêntico ao natural produzido pelo seu corpo. Segundo a Dra. Mary Parks, os efeitos colaterais destes medicamentos (como queda de cabelos) ocorrem principalmente devido à superdosagem. Entre eles, estão a levotiroxina, synthroid, levoxyl e levothroid. Talvez seja preciso tomar medicamentos para tireoide pouco ativa durante a vida inteira para manter níveis saudáveis de hormônios. Para evitar queda de cabelos, é importante fazer testes rotineiramente (enquanto sob medicação de tireoide) para ter certeza de que você ainda precisa do remédio e está tomando a dose correta.

Hipertireoidismo

O hipertireoidismo ocorre quando a sua glândula tireoide produz hormônio em excesso. Seus sintomas incluem perda de peso, fraqueza muscular, fadiga, tremores e queda de cabelos. O hipertireoidismo pode ser mais difícil de se tratar do que o hipotireoidismo. As opções de tratamento incluem tomar medicamentos ou realizar terapia com iodo radioativo para diminuir a produção do hormônio da tireoide ou, então, cirurgia para removê-la.

As opções de tratamento para hipertireoidismo, incluindo os medicamentos propiltiouracil e metimazol, não causam queda de cabelos. O tratamento da tireoide pode causar outras condições na mesma, e piorar sintomas como a queda de cabelos. Segundo a Dra. Mary Parks, da FDA, as opções para hipertireoidismo podem tratar o problema de uma tireoide excessivamente ativa, mas geralmente causam o desenvolvimento de uma tireoide pouco ativa no paciente.

Medicamentos e queda de cabelos

São as condições da tireoide (hipertireoidismo e hipotireoidismo) que causam queda de cabelos, e não os medicamentos. Estes podem fazê-lo desenvolver uma tireoide excessivamente ativa quando estiver tratando uma tireoide pouco ativa e vice-versa. Você continuará a perder cabelos (enquanto estiver sob medicação) se os seus medicamentos para tireoide não estiverem ajudando seu corpo a produzir níveis normais de hormônio.

Encontrar um tratamento bem sucedido para a sua condição inclui discutir os medicamentos e opções de testes de rotina com seu médico, para que você não sofra com superdosagem e futura queda de cabelos.

Medicamentos alternativos

Existem alternativas naturais para tratar doenças da tireoide que você pode discutir com seu médico. Para algumas pessoas, pode ser uma ótima escolha tentar tratar sua tireoide naturalmente antes de se submeter à cirurgia, radiação ou tomar medicamentos para o resto da vida.

A abordagem natural à doença de tireoide é dar a tireoide os nutrientes necessários para uma produção saudável de hormônios e permitir que ela se corrija sozinha com o tempo. O primeiro passo para curar sua tireoide naturalmente é ter uma alimentação saudável, que inclua de 8 a 10 porções de frutas e legumes orgânicos por dia e fazer exercícios por 30min diariamente de 4 a 5 dias por semana.

Sua tireoide precisa de quantidades adequadas de vitamina B, zinco, iodo, cobre, manganês e molibdênio para funcionar corretamente. O aminoácido L-tirosina (que pode ser tomado em forma de suplemento) também é necessário para produção normal de hormônios. Se você escolher a rota natural, peça a seu médico que lhe oriente um nutricionista ou naturólogo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível