Medicamentos para tratar ácaros Demodex em um cão

Escrito por bethney foster | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Medicamentos para tratar ácaros Demodex em um cão
A sarna demodécica ocorre em cães com imunidade baixa (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

A sarna demodécica, causada pelos ácaros Demodex e por vezes chamada de sarna vermelha, ocorre quando o sistema imunológico do cão é incapaz de manter sob controle a população de ácaros que vive na pele. Todos os cães têm, naturalmente, ácaros Demodex em sua pele. No entanto, os corpos dos cães com sarna demodécica -- geralmente filhotes que ainda não desenvolveram um bom sistema imunológico ou cães mais velhos com a imunidade suprimida -- são incapazes de manter a população dos ácaros controladas. Vários medicamentos são usados ​​para tratar essa doença para deixar a população de ácaros sob controle.

Outras pessoas estão lendo

Filhotes

Se você tem um cachorro com sarna demodécica, sua primeira opção talvez seja não fazer nada. Muitos veterinários recomendarão esperar para ver se a condição desaparece sem tratamento. Quase 80% dos filhotes com sarna demodécica superam a doença. Outra razão para a espera é que o único tratamento aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos para sarna demodécica é o mergulho com Amitraz. Esses mergulhos são tóxicos e cerca de 3% dos cães tratados com a solução morrem.

Tópicos

Vários medicamentos tópicos são utilizados para tratar os ácaros Demodex em cães. Eles são especialmente eficazes em cães com sarna demodécica localizada. Mais comumente, uma pomada de rotenone 1% ou um gel de peróxido de benzoíla 5% é aplicado diariamente até que a lesão da sarna tenha desaparecido. Se for localizada, isso significa que ela aparece em apenas algumas pequenas lesões no animal. A sarna demodécica generalizada espalha-se em grande parte do corpo do cão.

Banhos e mergulhos

Em cães com ambas as sarnas demodécicas localizadas e generalizadas, banhar o animal de estimação periodicamente com um xampu de peróxido de benzoíla é frequentemente recomendado. No caso da sarna demodécica generalizada, o mergulho Amitraz geralmente é prescrito. O mergulho é realizado a cada duas semanas até que a condição desapareça. Para cães com o comprimento do pelo longo e médio, a pele normalmente deve ser tosada antes do procedimento. Isso permite que a medicação faça contato com a pele do animal. Podem ser necessários até 14 mergulhos para limpar a sarna do cão.

Dieta

Como o surto de sarna demodécica indica que o sistema imunológico não está funcionando corretamente, alimentar o animal com uma ração de alta qualidade é importante. Muitos veterinários também prescreverão um multivitamínico que inclui ácidos graxos como parte do tratamento para cães com sarna demodécica.

Medicações orais

Embora a FDA não tenha aprovado o uso de medicações orais no tratamento da sarna demodécica, muitos veterinários prescreverão a ivermectina ou a oxima de milbemicina para os casos que são difíceis de curar. A ivermectina é dada na forma líquida e apenas sob a supervisão de um veterinário. O cão deve ter um teste de dirofilariose com resultado negativo antes desse medicamento poder ser utilizado. Muitas raças de pastoreio sentem efeitos secundários perigosos ao tomar ivermectina. A oxima de milbemicina é administrada diariamente e tem sido eficaz no tratamento de 50% dos cães que não melhoraram após os mergulhos com amitraz.

Reprodução

Os cães que têm sarna demodécica, sejam filhotes ou adultos, devem ser esterilizados ou castrados assim que tiverem idade suficiente. O sistema imunológico suprimido, que permite o desenvolvimento da doença, é frequentemente uma condição hereditária, e se um cão pai a tiver, é altamente provável que a sua prole venha a tê-la também.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível