Que tipo de médico trata uma dor nas costas?

Escrito por sarah thomsen | Traduzido por lucas vilaça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que tipo de médico trata uma dor nas costas?
Categorias diferentes de especialistas possuem abordagens diferentes quanto à dor nas costas (human anatomy showing the skeleton from the back image by patrimonio designs from Fotolia.com)

Encontrar o médico certo para aliviar uma dor nas costas pode ser frustrante, já que o diagnóstico da dor é complexo. Assim como existem múltiplas causas de dor nas costas, existem também múltiplas formas de tratamento. Determinar o especialista certo para diagnosticar e tratar uma dos nas costas depende da intensidade da dor e das preferências pessoais de tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Diagnóstico apropriado

Independente de ser em cima, em baixo ou no meio das costas e se é crônica ou aguda, a dor nas costas pode ser causada por alguma parte enferma do corpo, como na osteoporose ou na hérnia de disco, mas também pode ser causada por condições implícitas, como infecções, diabetes, doença nos rins e câncer. Devido à variedade de rasões possíveis para a dor, um tipo de profissional pode ser mais capaz que outro para ajudar com sua dor. Independente de escolher um médico que usa métodos alternativos ou um tradicional, escolha um profissional experiente e que tenha um bom histórico de diagnósticos desse tipo para avaliá-lo. Um paciente pode ser enviado para uma equipe de profissionais formada por um clínico geral, para executarem um diagnóstico completo e prepararem o tratamento adequado.

Cirurgiões ortopedistas

A área em volta da medula espinhal é uma especialidade dos cirurgiões ortopedistas. Já que muitas dores nas costas são causadas por vértebras comprimidas ou deslocadas, a correção cirúrgica da medula pode ser o suficiente para resolver o problema. Um médico convencional especializado em ortopedia, o cirurgião ortopedista sempre usa remédios como antidepressivos e opiáceos, assim como a cirurgia, para controlar a dor e o desconforto. Cirurgiões ortopédicos podem usar da discectomia (quando os discos com hérnia são removidos) e foraminotomia (quando o tecido ou osso pressionando um nervo é removido).

Neurologistas

Neurologistas não fazem cirurgias, mas podem diagnosticar a dor que você estiver sentindo de um ângulo muito diferente daquele dos ortopedistas. Mais de 50 nervos conectados à medula espinhal têm o potencial para ficarem irritadiços ou serem comprimidos. Já que a dor não seria sentida sem o cérebro registrá-la, os neurologistas são a melhor opção na redução dos sintomas. Ao analisarem os padrões da dor nas costas e testar os reflexos, os neurologistas começam a entender quais nervos estão sendo afetados e qual área específica precisa ser tratada. Eles então podem prescrever a medicação apropriada para a dor.

Praticantes alternativos

Osteopatas e quiropráticos trabalham modificando todo o modo de vida, a fim de eliminar a dor. Ao tatear as costas com as mãos, os osteopatas tentam encontrar a parte da medula que está fora dos padrões. Utilizando técnicas de manipulação osteopática, eles podem mover e travar o tecido da região até que o músculo tensionado relaxe, o que faz com que a pressão na medula diminua. Pressões em alta velocidade e baixa amplitude, nas quais o praticante pressiona diretamente sobre a vértebra que foi determinada como a causadora da tensão, são sempre utilizadas. Já que alguns ossos podem se quebrar durante o procedimento, aqueles com ossos que já se quebraram, com câncer nos ossos ou osteoporose devem reconhecer o risco elevado de que isso aconteça. Quiropráticos se focam na manipulação manual com o intuito de aumentar o alcance dos movimentos e desenvolver os músculos e as juntas. Ondas elétricas e de calor podem ser usadas para regular a circulação e diminuir a dor. Condições implícitas que causem dores, como tumores, infecções e problemas neurológicos não podem ser tratadas pelos quiropráticos, enquanto ciática e outras dores nos nervos podem sempre ser amenizadas com cuidados quiropráticos. Quando a dor nas costas se localiza em nervos muito comprimidos pelo tecido corporal, em vértebras desalinhadas ou em discos fora do lugar, a manipulação e desenvolvimento dos tecidos feita por um quiroprático pode resolver o problema.

Coordenando os cuidados

Conhecer a raiz da dor é o passo inicial para encontrar a solução, mas a causa pode ser complexa o suficiente para exigir uma equipe de profissionais. Se um indivíduo com dor nas costas sofrer de pressão por excesso de peso sobre a coluna, pontadas no nervo e vértebras comprimidas, ele deve procurar um nutricionista para receber suporte na redução de peso, um cirurgião ortopedista para reposicionar as vértebras e um osteopata para liberar qualquer tensão restante. Uma vasta gama de testes, tais como raios X, escaneamentos ósseos, ressonâncias magnéticas, ultrassons e discografias pode ser feita para testar resistência, compressões, hérnias e outras anomalias. Com todas essas opções disponíveis para aqueles que sofrem de dor nas costas, tipos diferentes de médicos e exames de diagnóstico devem ser procurados, até que a causa da dor seja encontrada e remediada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível