Como medir o diâmetro de um cilindro

Escrito por jack gerard | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como medir o diâmetro de um cilindro
Os cilindros do motor são medidos usando medidores de diâmetros de cilindro especializados (Aeronautical piston engine image by Andrew Breeden from Fotolia.com)

Para um motor operar com a máxima eficiência, os cilindros que os êmbolos se movem devem ser lisos e não muito mais largos do que o diâmetro dos próprios pistões. Saber como medir o diâmetro do cilindro pode ser muito importante ao substituir pistões ou realizar manutenção e reparo intensivos do motor. Medir o diâmetro de cilindro é relativamente fácil, embora uma ferramenta especializada conhecida como um medidor de diâmetro deva ser utilizada pois a medição deve ser tomada em múltiplas alturas no interior do cilindro.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Medidor de cilindro
  • Régua (opcional)
  • Lápis
  • Papel

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque o medidor no zero, anexando cabeça medida que corresponde ao diâmetro estimado do cilindro e ajuste o botão de calibração ao lado do seletor até que leia zero. Use uma régua para fazer uma medição rápida em todo o diâmetro do cilindro, se você não sabe o diâmetro estimado dele.

  2. 2

    Insira a cabeça da medição no topo do cilindro, balançando o medidor ligeiramente para trás e para a frente até que a cabeça esteja nivelada com o cilindro. Remova e substitua a cabeça da medição com a menor cabeça seguinte se a que você está usando não caberá na boca da abertura. Repita o processo até que consiga fazer a medida. Tome a medida e então remova o medidor.

  3. 3

    Vire a cabeça da medição a um ângulo de 90 graus a partir de sua medida original, em seguida, repita o processo de tomar uma medida na parte superior do diâmetro do cilindro. Anote essa medição ao lado da primeira, marcando ambas como sendo tomadas na posição nº 1.

  4. 4

    Recoloque a cabeça da medição dentro do cilindro, desta vez tendo uma medição através do cilindro, a uma profundidade de aproximadamente 2 cm. Balance o medidor ligeiramente para nivelar a medição da cabeça, em seguida, anote a medida que recebeu.

  5. 5

    Pegue outra medição na mesma profundidade, mais uma vez virando a cabeça da medição para uma posição em um ângulo de 90 graus a partir da primeira medição. Anote essa medida, juntamente com a medição original para essa profundidade, marcando as duas como sendo tomadas na posição nº 2.

  6. 6

    Repita o processo de tomar duas medidas perpendiculares mais duas vezes, cada vez movendo o medidor aproximadamente 2 cm mais profundamente. Grave cada par sendo tomado em posições nº 3 e nº 4, respectivamente.

  7. 7

    Remova o medidor, então examine suas leituras anotadas. Cada conjunto de medidas irá mostrar-lhe as variações na largura do cilindro a uma determinada profundidade, permitindo que você veja qualquer deformação potencial ou acúmulo que pode estar no cilindro.

Dicas & Advertências

  • Para maior precisão, uma terceira medição pode ser feita em cada altura. Se deseja tomar três medidas em cada altura, ajuste o posicionamento da cabeça de medição em 60 graus para cada medição, em vez de 90.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível