Como medir a gravidade de uma queimadura na pele

Escrito por alice drinkworth | Traduzido por nicolas sales
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como medir a gravidade de uma queimadura na pele
Queimaduras solares são normalmente classificadas como de primeiro grau (woman sunbathing image by FotoWorx from Fotolia.com)

Saber a gravidade de uma queimadura na pele determina o cuidado e tratamento para um ferimento. Queimaduras são segregadas em categorias dependendo da profundidade em que o ferimento se estende nas camadas da pele. Queimaduras de primeiro grau, também chamadas de queimaduras epidérmicas, apenas atingem a camada superficial da pele. Queimaduras de segundo grau estendem-se à camada da derme e algumas vezes são classificadas como lesões de espessura superficial ou lesões de espessura parcial profundas, dependendo de como a camada da derme foi danificada. Queimaduras de terceiro grau estendem-se à camada subcutânea, que inclui a gordura. Essas queimaduras sérias, também chamadas de lesões de espessura plana, normalmente afetam glândulas sudoríparas, terminações nervosas e folículos pilosos.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure por sinais de dor. Queimaduras de primeiro e segundo grau podem ser extremamente dolorosas, mas as de terceiro grau destroem terminações nervosas, e o paciente não irá sentir dor.

  2. 2

    Observe a cor do ferimento. Queimaduras de primeiro grau são vermelhas e podem ficar inchadas, mas a pele não ficará rachada. As de segundo grau expõem a camada da derme e podem parecer mais vermelhas, ou rosa claro, e molhadas. Queimaduras de terceiro grau podem ter uma cor branca de cera, especialmente na parte mais profunda da queimadura. A aparência preta ou marrom chamuscado é um indicativo de uma queimadura de terceiro grau.

  3. 3

    Examine o ferimento e procure por bolhas. A delas indica uma queimadura de segundo grau, já que a epiderme foi destruída e o fluido forma-se por baixo.

  4. 4

    Procure por fluido. Queimaduras de segundo grau podem parecer molhadas por causa do plasma vazando de microvasos danificados. Queimaduras mais profundas têm menos fluido e fluxo sanguíneo. A pele pode parecer semelhante ao couro em queimaduras sérias.

  5. 5

    Observe a queimadura para mudanças temporais. As bolhas podem formar-se de 12 a 24 horas depois que a pele foi danificada e são um sinal que o que primeiramente parecia uma queimadura de primeiro grau é, na verdade, uma de segundo grau. As de primeiro grau devem sarar de cinco a sete dias. As de segundo grau normalmente saram de sete a 14 dias. Queimaduras mais profundas demoram bem mais para sarar e podem requerer enxerto de pele ou outras cirurgias.

Dicas & Advertências

  • Todas as queimaduras graves o suficiente para formar bolhas devem ser analisadas por um médico.
  • Se você suspeitar que um paciente tem uma queimadura de terceiro grau, não tente remover a roupa grudada na queimadura e procure imediatamente cuidados médicos. Se possível, erga a área queimada acima do coração do paciente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível