Como medir a saída de luz de projetores em lúmens segundo a ANSI

Escrito por tamara wilhite | Traduzido por rúben carlos esteves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como medir a saída de luz de projetores em lúmens segundo a ANSI
Os níveis de luminância são medidos em lúmens ou em lux (Compact fluorescent lightbulb image by K. Geijer from Fotolia.com)

Um lúmen é a unidade de medida de fluxo luminoso emitido por uma lâmpada incandescente. Uma candela descreve a intensidade luminosa que uma lâmpada emite por segundo numa determinada direção. A luminância, expressa usualmente em lambert-pé ou candelas por metro quadrado, mede a intensidade luminosa emitida por uma fonte. A candela é uma unidade de medida baseada na luz produzida por uma única vela. O Instituto Nacional Americano de Padrões baseia a medida de luminância numa candela de intensidade luminosa. Um lúmen corresponde a 1/683 watts em 555 nanômetros de radiância.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fotodetetor

Lista completaMinimizar

Instruções

    Cáculo para projetores segundo o padrão ANSI IT7.215

  1. 1

    Calcule a área da tela em metros quadrados.

  2. 2

    Meça o fluxo luminoso em lux (lúmens por metro quadrado) com um fotodetetor. De acordo com Charles Swartz, a ANSI requer que o fluxo seja medido em nove áreas da tela.

  3. 3

    Calcule a média das nove medidas de luminância para determinar a média de fluxo luminoso.

  4. 4

    Multiplique a média de luminância em lux pela área da tela, de modo a calcular a saída de luz do projetor em lúmens.

    Medição com um Fotodetetor para extensões de onda não-padrão

  1. 1

    Localize um fotodetetor classificado para medir as extensões de onda da luminosidade. De acordo com a enciclopédia "International Encyclopedia of Ergonomics and Human Factors", os lúmens podem ser medidos usando um fotodetetor, baseados quer em corrente quer em voltagem, em resposta ao índice de energia eletromagnética ou de luminosidade.

  2. 2

    Calibre o fotodetetor para medir as extensões de onda da luminosidade ou determine a extensão de onda de luz a medir aplicando um fator de ajuste a partir do padrão de nanômetro 555.

  3. 3

    Usando o fotodetetor, meça o nível de lúmens da fonte de luminância desejada. Se o fotodetetor já foi calibrado para a extensão de onda luminosa, não é necessário fazer mais nada.

Dicas & Advertências

  • De acordo com "Automated Lighting", de Richard Cadena, a especificação para o lúmen não é verificada pela ANSI desde o ano de 2003. Contudo, ela ainda se encontra disseminada no setor da indústria dos projetores. O padrão ANSI para os lúmens foi substituído pelo IEC 61947-1. É por isso que se você tem a medida do IEC, também tem a medida da ANSI.
  • O padrão ANSI C78.377 fornece a cromaticidade ou a gama de cores para os díodos emissores de luz clara. O padrão ANSI C82.77 oferece uma lista das exigências da qualidade de energia apropriadas para toda a iluminação de estado sólido. O padrão ANSI RP-1 fornece os valores de iluminação que são recomendados para os escritórios.
  • De acordo com a "International Encyclopedia of Ergonomics and Human Factors", a candela é definida com base em 555 nanômetros de watts de radiância por esterradiano sem referência a uma fonte em particular.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível