Mais
×

Como medir os sinais vitais de um cão

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Quando o seu cão fica doente, ele não pode informar o que há de errado ou o quanto se sente mal. Os donos costumam perceber uma mudança no comportamento do seu cão, mas, a menos que percebam uma ferida ou algum sinal externo de enfermidade, eles não sabem se o cachorro está doente ou não. Saber quais são os sinais vitais de um cão saudável e como medi-los é essencial para determinar se deve ou não levá-lo ao veterinário.

Instruções

Aprenda a medir os sinais vitais do seu cão (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Utilize um termômetro retal para medir a temperatura do seu cão quando achar que ele pode estar doente. Esfregue um pouco de vaselina na ponta e insira 2,5 cm do termômetro no reto. Deixe-o por um minuto. Segure a base do rabo do cão com firmeza durante esse processo para impedi-lo de sentar no termômetro.

  2. Leia a temperatura. Uma temperatura normal para um cão saudável fica entre 38,3ºC e 38,8ºC. Alguns veterinários recomendam entrar em contato com eles quando a temperatura do seu cão chega a 39,4ºC. Uma temperatura de 37,8ºC ou menos em uma cadela que esteja perto de dar à luz significa que o parto está iminente.

  3. Meça a frequência cardíaca do seu cão deixando-o de pé (se puder) e colocando a sua mão abaixo das costelas do cão, logo atrás dos cotovelos. Conte as batidas por 30 segundos e multiplique-as por dois.

  4. Compare a frequência cardíaca com a de um cão saudável. Cachorros de raças grandes possuem uma frequência normal de 70 a 120 batidas por minuto. Cães médios possuem uma frequência normal de 80 a 120 batidas por minuto. Cães de raças pequenas possuem uma frequência normal de 80 a 140 batidas por minuto. Os filhotes possuem a frequência mais alta, de 80 a 220 batidas por minuto.

  5. Repare na frequência respiratória do seu cão, observando a sua caixa torácica. Arquejo não conta ao medir a frequência respiratória, embora ofegar em excesso sem causa aparente pode significar um cão superaquecido ou empolgado. Uma frequência respiratória normal para um cachorro é de 10 a 30 inspirações por minuto.

Dicas

  • Ligue para o seu veterinário se os sinais vitais do seu cão estiverem fora da faixa normal e se ele estiver exibindo um comportamento incomum.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article