O melhor lugar para acertar um soco que leve a nocaute

Escrito por george lawrence | Traduzido por maria cristina marques
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O melhor lugar para acertar um soco que leve a nocaute
Aprenda a nocautear alguém (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

O soco de nocaute é o "golpe de misericórdia" do boxe. Um pugilista poderia estar em desvantagem durante a maior parte da luta e então desferir um golpe que leva o seu adversário ao chão instantaneamente. Compreender como funciona um soco de nocaute significa saber a ciência e a física por trás desse golpe devastador.

Outras pessoas estão lendo

Golpe na cabeça

Se você assistir vídeos de lutas antigas, verá uma característica comum: um breve momento de fraqueza por parte do lutador A, e o lutador B desfere um ataque certeiro na cabeça, geralmente no queixo. O lutador A fica atordoado e seu corpo cai de forma pesada no chão.

O melhor lugar para se dar um soco de nocaute é a cabeça. O pugilista deve mirar no queixo, no maxilar inferior e na base do pescoço, especificamente. Um ataque direto nessas áreas muito provavelmente derrubará o outro lutador, e é por isso que a proteção da cabeça e do queixo é a primeira coisa que os pugilistas novos aprendem. A razão que torna esses os melhores lugares para se conseguir nocautear o adversário se dá na forma que um pugilista aprende a dar um soco e a física envolvida quando esse soco atinge o adversário.

Soco apropriado

Pugilistas são treinados para desferir socos. A menos que você tenha tido alguma instrução sobre a técnica adequada, conseguir um nocaute será difícil. Amadores tendem amontoar os punhos de forma incorreta, deixando espaço entre os dedos e o polegar. O resultado é que o soco pega o queixo ou o rosto apenas de relance, com pouca força ou impacto. Parte da razão da dificuldade que os amadores têm para conseguir dar um soco eficiente está na dificuldade em se concentrar ou praticar da maneira correta.

Antes de dar um soco de forma adequada, aprenda como deixar seu punho da forma correta. Comece com a mão aberta, como se estivesse prestes a cumprimentar alguém com um "toque aqui!". Enrole as pontas dos dedos de modo apertado até a base da palma da mão; mantenha-os firmemente no lugar. Enrole os dedos envolvidos para o meio da palma da mão e aperte sua mão fechada. Por fim, dobre o polegar firmemente sobre os dedos anular e médio. O resultado é um punho embalado apertadamente com pouco espaço para que os dedos se movam. Isso irá ajudar a dar socos mais fortes e com menos chance de causar uma lesão em si mesmo.

Aprenda a dar o soco. Para lutadores destros (os canhotos podem simplesmente reverter essas instruções), mantenha o seu pé esquerdo para a frente e expire a cada soco que você desferir. Fique nas pontas dos pés e mantenha os joelhos ligeiramente dobrados. Mova-se com o soco com todo o seu corpo. Solte seu ombro esquerdo ligeiramente e siga com o braço direito. Aponte para o seu alvo (nesse caso, o queixo do adversário) e siga com o seu soco. Aprender a técnica adequada permitirá que você dê socos de nocaute eficientes.

Circulação para o cérebro comprimida

Um golpe no queixo, na mandíbula inferior ou na base dos vasos do pescoço abala os nervos localizados nessas regiões. Eles são parte integrante no controle de diversas funções digestivas, tais como os músculos da mandíbula, a língua e os seios paranasais. Isso cria um choque inicial para o sistema do pugilista. A força do soco estala a cabeça do adversário para trás ou para o lado e faz com que o sangue circulando no cérebro se comprima. Quando isso acontece, o lutador perde o controle sobre seu corpo e cai no chão.

Cuidar do seu queixo e sua cabeça é a primeira linha de defesa. Um pescoço forte pode ajudar a reduzir nocautes, pois ter músculos fortes nessa região pode permitir que um pugilista mantenha a cabeça firme, reduzindo a chance de que ela estale para trás ou para o lado quando atingida. Isso diminuiria a possibilidade de compressão do sangue no cérebro e, dessa forma, as chances de ser nocauteado se tornam menores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível