Mais
×

Qual a melhor maneira de acabar com o odor de cola

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Para se colocar carpetes novos ou fazer certos tipos serviços em sua casa é preciso usar colas que têm um odor bastante desagradável. O mau cheiro exalado pode fazer com que o recinto deixe de ser agradável em poucos minutos e até mesmo impedi-lo de ficar no local. Porém, é possível acabar com o cheiro de cola com produtos feitos em casa, basta usar alguns produtos facilmente encontrados em lojas.

Instruções

Acabe com o odor de cola dos cômodos com produtos caseiros bem simples (glue bottle image by Bruce MacQueen from Fotolia.com)
  1. Use o método da cebola. Corte uma cebola inteira na metade, coloque-a na tigela e adicione água até que as metades da cebola estejam completamente submersas. Deixe a tigela no local que estiver com cheiro de cola e na manhã no dia seguinte não haverá mais odor.

  2. Para fazer o método do bicarbonato de sódio, polvilhe um pouco do produto no chão do cômodo afetado pelo odor. O bicarbonato também deve ser aplicado embaixo do carpete. Deixe o produto agir no carpete por algumas horas e aspire o pó de bicarbonato. Essa técnica funciona muito bem para acabar com o cheiro de cola.

  3. Use o método do carvão. Quebre alguns pedaços de carvão vegetal, formando pequenas lascas finas e coloque-as dentro de um balde plástico por cima de um pano de chão úmido. Deixe o balde no cômodo durante a noite. O carvão vegetal absorverá os odores. Substitua as lascas de carvão diariamente para obter um efeito melhor.

  4. Coloque óleos aromáticos em um difusor de aromas e ponha-o dentro do cômodo afetado pelo mau cheiro, para acabar de vez com o odor. Se você estiver tentando acabar com o cheiro de cola que está no carpete, pingue algumas gotas do óleo diretamente sobre ele.

O que você precisa

  • Cebola
  • Tigela pequena
  • Bicarbonato de sódio
  • Carvão vegetal
  • Balde plástico
  • Pano de chão
  • Óleos aromáticos e um difusor de aromas
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article