A melhor maneira de fazer uma limpeza interna no final de semana

Escrito por neima binaisa | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A melhor maneira de fazer uma limpeza interna no final de semana
O sal comum de cozinha não deve ser utilizado para a limpeza interna (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

É verdade que, conforme fazemos nossas atividades do dia a dia, nossos corpos inevitavelmente acumulam toxinas do ar, da água, dos alimentos que comemos e interações com o meio ambiente. Também verdade é o fato de nosso sistema digestivo funcionar para eliminar tais resíduos. No entanto, com o tempo, é possível que alguns desses resíduos acumulem-se em nossos intestinos e resultem em preocupações com a saúde como constipação, inchaço e letargia, entre outros sintomas. Em alguns casos, uma das maneiras mais fáceis, baratas e eficazes para retornar ao ciclo regular da digestão pode ser através de uma limpeza interna no final de semana.

Outras pessoas estão lendo

Limpeza

A limpeza interna envolve realizar alguns passos para auxiliar o corpo a expelir os resíduos e toxinas que podem prender-se nas paredes intestinais na forma de bolo fecal. Uma limpeza interna bem sucedida deve resultar em um bom funcionamento intestinal, um aumento na energia, promoção da boa bactéria intestinal, desintoxicação do fígado, rins e outros órgãos internos e o aumento geral do sistema imunológico. Enquanto existem vários kits de limpeza, pílulas, dietas especiais e enemas disponíveis, uma maneira segura, fácil e barata de alcançar os resultados da limpeza no final de semana é simplesmente consumir água salgada. Nesse método, 950 mL de água e duas ou três colheres de sopa de sal marinho são combinados e consumidos. Isso resulta na pressão do cólon, seguida por movimentos intestinais, que são esperados para ocorrer dentro de duas horas. Se você não sentir isso, mais sal deve ser adicionado à mistura antes de repetir o processo. É importante notar que sal comum não deve ser usado, pois não resultará no resultado esperado. Algumas pessoas escolhem adiantar o processo de limpeza do final de semana. Nesse caso, a limpeza é feita de duas a três vezes por dia. Uma grande quantidade de água deve ser consumida durante esse processo. A duração da limpeza interna depende de com que frequência ela é feita, como também quão bem o corpo pode lidar com o processo.

Benefícios

Embora muitos possam achar o processo de limpeza interna assustador, a maioria que já fez reporta sentir-se limpo de dentro para fora, com mais energia, mais leve, com menos fadiga e inchaço e com movimentos intestinais regulares. A limpeza interna é também conhecida por eliminar toxinas de gordura e combater outros problemas de saúde como indigestão, alto colesterol, depressão, mudanças de humor e artrite, entre outros problemas autoimunes.

Preocupações

Embora existam vários proponentes da limpeza interna, há muito pouca evidência que ou apoiem ou refutem seus benefícios. Apesar de vários médicos recomendarem a limpeza antes de procedimentos médicos como colonoscopia, muitos ainda não recomendam em outro caso, já que eles argumentam que o sistema digestivo do corpo e os movimentos intestinais trabalham para eliminar os resíduos e bactérias. Entre as preocupações com essa limpeza interna é que ela pode levar à fácil desidratação. Em casos onde o fosfato de sódio é usado, a limpeza pode levar a um aumento de eletrólitos, o que pode ser prejudicial àqueles com doença renal ou cardíaca. Indivíduos que procuram a limpeza devido à constipação são aconselhados primeiro a beber muita água, comer uma dieta rica em fibras e fazer exercícios regulares.

Dicas e avisos

Indivíduos que tomam medicamentos devem consultar com o médico antes de fazer a limpeza.

Hidrate-se bem enquanto fizer a limpeza interna do final de semana.

Tome cuidado com as alegações exageradas de que essa limpeza ajuda a curar várias doenças pré-existentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível