O melhor tratamento de tenossinovite de Quervain

Escrito por dana severson | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O melhor tratamento de tenossinovite de Quervain
A atividade excessiva e o estresse repetitivo do punho e do polegar são duas das causas mais comuns da tenossinovite de Quervain (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Na maioria das pessoas, as atividades que exigem que se feche o punho não causam problemas. Os tendões em seu punho e polegar se movem sem obstrução. Mas quando a área ao redor desses tendões se torna irritada e inflamada, pode ser difícil, se não doloroso, movimentar a mão livremente, sugerindo a condição de tenossinovite de Quervain. A atividade excessiva e o estresse repetitivo do punho e do polegar são duas das causas mais comuns dessa condição. Todavia, existem tratamentos disponíveis para produzir alívio, alguns melhores que outros.

Outras pessoas estão lendo

Tratamento de autocuidados

Um dos melhores tratamentos da tenossinovite de Quervain envolve uma série de medidas de autocuidados. Quando afetados por essa condição, imobilize o punho e o polegar acometidos. Talvez você deseje garantir que não movimentará mais o punho da esquerda para a direita e nem o polegar através da mão. O método mais eficaz é uma órtese conhecida como tala Spica. Esta órtese não apenas restringe o movimento do punho como também segura o polegar em posição para que se trate melhor a condição e os tendões afetados repousem.

Quando a dor ocorrer, especialmente nas primeiras 48 horas do desconforto, aplique gelo à área em toda a parte interna do punho até a porção inferior do polegar. Isto pode reduzir a inflamação e assim diminuir qualquer dor associada. E, como em qualquer outra lesão, aplique gelo por até 20 minutos, quatro a cinco vezes ao longo do dia. Se a dor ainda estiver presente após 48 horas, aqueça a área afetada pelo mesmo período de tempo de aplicação do gelo. Embora não diminua a inflamação, isto poderá servir para reduzir a dor e aquecer a área.

Talvez você também deseje considerar a administração de drogas anti-inflamatórias não esteroidais (DAINEs) para reduzir mais o edema e a dor. Um produto de venda livre, como ibuprofeno ou naproxeno, tem boa ação nessa situação. Assim, tome a dosagem recomendada na embalagem, que geralmente é de um ou dois comprimidos a cada quatro a seis horas.

Fisioterapia

É bom visitar um fisioterapeuta se a dor persistir. Como geralmente essa condição é causada por atividade excessiva ou estresse repetitivo, poderá voltar com facilidade. Um fisioterapeuta ou outro profissional de saúde pode auxiliá-lo melhor a encontrar maneiras de fortalecer a área afetada com exercícios e treinamento de resistência, bem como ajudá-lo a modificar certas atividades que podem sugerir a afecção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível