Mais
×

Como melhorar as imagens pixeladas

Atualizado em 23 março, 2017

As imagens pixeladas são imagens de baixa qualidade que aparecem granuladas e de forma não nítida. Esse efeito geralmente é causado ao redimensionar uma imagem pequena para torná-la maior. Ao fazer isso, o tamanho da imagem muda, mas a resolução não. Imagens que foram digitalizadas também pode aparecer pixeladas. Para corrigir uma imagem pixelada e torná-la mais nítida, você só precisa usar os filtros de "blur" (desfoque) e "sharpen" (nitidez) em um programa de edição de fotos.

Instruções

As imagens pixeladas podem ser melhoradas usando um programa de edição de fotos (Thinkstock/Comstock/Getty Images)
  1. Inicie um programa de edição de fotos como o Photoshop, GIMP ou Paint.NET. Os programas GIMP e Paint.NET têm muitas das ferramentas e filtros do Photoshop e podem ser baixados gratuitamente.

  2. Clique em "File > Open" (Arquivo > Abrir) e abra a imagem pixelada que você deseja corrigir.

  3. Clique em "Filters" (Filtros), encontre a categoria "Blur" (Desfoque) e, em seguida, selecione um efeito "Gaussian Blur" mínimo. Este filtro fará a imagem aparecer mais suave, embaçando os pixels e tornando-os menos perceptíveis. Varie as configurações do filtro até que esteja satisfeito com a suavidade da imagem.

  4. Use um filtro na categoria "Sharpen" (Nitidez) para fazer a imagem aparecer menos embaçada. O filtro "Unsharp Mask" funciona melhor para esta finalidade. Ele detectará as bordas dos objetos na foto e as fará parecer mais delineadas para melhorar a nitidez. Varie as configurações do filtro até que a imagem fique mais nítida e, em seguida, salve as alterações.

Dicas

  • Os filtros necessários para melhorar as imagens pixeladas estão disponíveis em todos os três programas de edição de fotos.
  • Outros filtros "blur" (desfoque) trabalharão para suavizar a imagem, mas o filtro "Gaussian Blur" produzirá o melhor resultado.

O que você precisa

  • Programa de edição de foto
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article