Mais
×

As melhores junções para unir duas tábuas de madeira

Atualizado em 17 abril, 2017

Na carpintaria, decidir qual é a melhor maneira de juntar duas tábuas de madeira é uma tarefa difícil. O projeto e o uso pretendido da peça a ser criada, geralmente determinam que tipo de junta é necessária. Uma junta reforçada é normalmente utilizada para uma peça resistente de madeira, entretanto, muitas juntas mais simples também funcionam bem com um planejamento focado.

Juntas de caixas de madeira seguram muitos tipos de cômodas sem utilizar parafusos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Junta de borda e sulco

Para longos pedaços de madeira que precisam ser unidos de lado, um encaixe de borda e sulco servirá. Projetos envolvendo painéis e gabinetes usam este tipo de junta porque as seções adicionadas podem precisar ser removidas mais tarde. Com este tipo de junta, é mais fácil separar as partes sem ter que desmontar tudo.

Junta entalhada

Para projetos de construção onde o peso é um fator para manter a junta no lugar, como cabanas de madeira, a junta entalhada funciona bem, sem a necessidade de adicionar pregos ou parafusos. Elas também servem para espreguiçadeiras, onde as barras precisam ser capazes de mudar de posição. Entalhes para as barras de apoio também são usados junto com a parte de baixo da espreguiçadeira para serem encaixadas nos diferentes ângulos do apoio traseiro.

Juntas encaixadas

Caixas e gavetas de madeira muitas vezes usam juntas encaixadas para apoio e segurança. Ela é muito parecida com a montagem de caixas, exceto por ser angular para evitar que se desfaça com a pressão e o peso. Estas juntas possuem um ângulo de 30 graus externo para fazer com que o final fique mais largo que o início. Os entalhes são encaixados um dentro do outro em ângulo para uma fazer uma união resistente, sem a necessidade de cola que há nas juntas de caixas.

Junta articulada

Uma junta articulada funciona com tarugos em vez de parafusos ou pregos. Ela é cortada de muitas maneiras, sendo mais fácil o recorte das extremidades ou dos lados da madeira até a metade da sua espessura. Assegure-se de que os cortes sejam opostos de maneira tal que, quando colocados juntos, se sobreponham. Faça furos nas extremidades ou nos lados das sobreposições. Coloque os tarugos nos furos para conectar as peças de madeira.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article