Os melhores medicamentos para crises de artrite em cães idosos

Escrito por kate daniels | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os melhores medicamentos para crises de artrite em cães idosos
A artrite pode tornar seu cão idoso ainda mais inativo. (pet dog image by NorthShoreSurfPhotos from Fotolia.com)

Conforme seu cão envelhece, ele pode ser acometido por muitas doenças. A doença degenerativa das articulações, comumente conhecidas como artrites é uma delas. A artrite se caracteriza por um quadro inflamatório muito doloroso para o animal e que pode privar seu animal de estimação de ter uma vida ativa e saudável em sua fase de idade mais avançada. Há medicamentos que podem reduzir as inflamações e as dores, aumentando assim a probabilidade de que a "terceira idade" de seu animal seja agradável.

Outras pessoas estão lendo

corticóides

Os esteroides estão entre as drogas mais utilizadas na medicina veterinária. Infelizmente, são as drogas que mais têm o uso indiscriminado. Este tipo de droga deve ser utilizada por períodos curtos para aliviar a dor causada pela artrite em cães idosos. São eficazes quando utilizadas com moderação e em casos adequados. A utilização por longos períodos pode diminuir a produção de colágeno, levando a mais desgastes das juntas afetadas. O uso excessivo de esteroides também pode suprimir o sistema imunológico, aumentando muito o risco de infecções, muitas vezes, os veterinários utilizam uma injeção de esteroide para tratar os sintomas da artrite em vez de diagnosticar e tratar de fato a doença.

Medicamentos anti-inflamatórios não-esteroides (AINE)

Dentro desta categoria estão medicamentos muito comerciais: aspirina, naproxeno sódico e o ibuprofeno, bem como as drogas como Rimadyl, Ectodolac (ou Etodolaco, no Brasil) e o EctoGesic. Estes medicamentos, assim como os esteroides, atuam na inibição das substâncias que causam dor e inflamação. A aplicação destes medicamentos para tratamento de cães é bastante controversa, pois se tratam de substâncias altamente tóxicas, que causa problemas gastrointestinais e lesões hepáticas. Eles são eficazes na redução da inflamação e das dores, mas devem ser utilizados apenas sob prescrição de um veterinário e enquanto sob os cuidados daquele profissional. Seu cão precisará ser monitorado de perto enquanto estiver utilizando estes medicamentos.

Glucosamina

A glucosamina é o suplemento mais utilizado no tratamento da artrite. Ela ajuda a inibir as enzimas destrutivas que atacam a cartilagem e estimula a integração do fluido sinovial. A glucosamina tem se mostrado tão efetiva quanto os AINEs no tratamento da artrite em cães idosos; sem os efeitos colaterais. Evite as marcas genéricas, pois elas não costumam passar pelo mesmo controle de qualidade.

Sulfato de condroitina

A condroitina é o segundo suplemento mais utilizado no tratamento de artrite canina. Ela é um dos componentes principais da cartilagem das articulações. Assim como a glucosamina, ela inibe as enzimas que atuam na destruição da cartilagem. É frequentemente combinada com a glucosamina por se achar que a combinação de ambas aumenta a eficácia do tratamento. A produção de condroitina pelo corpo diminui conforme a idade do animal. A suplementação pode ser útil em um cão idoso com o quadro de artrite. Como acontece com a glucosamina, deve você optar pela versão de marca para assegurar a qualidade. Tanto a glucosamina quanto a condroitina demoram cerca de quatro a oito semanas para começar a fazer efeito. Os AINEs são frequentemente usados ​​nesse ínterim para aliviar a dor.

Suplementação nutricional

A suplementação é uma maneira natural de auxiliar na regeneração e fortalecimento da cartilagem lesionada e inflamadas das articulações. A cartilagem de tubarão contém substâncias que auxiliam na inibição da formação de novos vasos sanguíneos. A artrite é uma doença inflamatória que precisa de vasos sanguíneos para se desenvolver. Acredita-se que a inibição da formação de vasos beneficie cães idosos com artrite. A cartilagem bovina, com alto teor de glicosaminoglicanos, ajuda na regeneração de articulações lesionadas. O mexilhão verde asiático, tem um alto teor de condroitina e outros nutrientes, por esse motivo é um anti-inflamatório natural bastante eficiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível