×
Loading ...

As melhores panelas para fogões de indução

Atualizado em 23 março, 2017

Fogões de indução envolvem o posicionamento de um recipiente metálico de cozinha sobre uma superfície carregada por um campo eletromagnético para produzir calor. É um método bastante recente de cozinhar, uma alternativa aos métodos tradicionais de gás e eletricidade. Por conta do tipo de calor que superfícies de indução emitem, elas funcionarão bem apenas com tipos específicos de panelas.

É possível usar panelas de aço e ferro em superfícies de indução (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Processo

Um fogão de indução usa um elemento — o equivalente a uma boca de fogão tradicional — com uma frequência eletromagnética alta para produzir calor através da superfície de cerâmica indutiva.Quando uma panela metálica é posicionada sobre a superfície de cerâmica, o campo magnético sob a placa gera calor e o transporta até o recipiente. Assim que a panela é removida do aquecedor ou o aparelho é desligado, a geração de calor automaticamente para.

Loading...
Fogões de indução pedem panelas específicas (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Requerimentos de material

A natureza da geração de calor produzida por uma superfície de indução impede seu uso com alguns tipos de panelas. Recipientes de cozinha devem ser feitos de metais ferrosos, como o ferro, para suportar o poder do campo magnético. Materiais como alumínio, Pyrex ou cobre não são apropriados para uso com fogões de indução por terem propriedades ruins de condução de calor.

Melhores panelas

Panelas para cozinha por indução são feitas de aço ou ferro. Muitas marcas exclusivas como a All-Clad e a Le Creuset têm utensílios de ferro e aço especificamente projetados para cozinhar por indução. Seus utensílios são geralmente considerados como topo de linha e seu custo é bastante alto. Há também, no entanto, marcas mais simples que oferecem opções menos caras: não importa onde esteja seu investimento, lembre-se de que o material deve ser ferro ou aço, e que as panelas devem ser especificamente aptas para superfícies de indução.

Evolução

Novas tecnologias estrelam superfícies indutivas que são compatíveis com qualquer metal, inclusivo alumínio e cobre. Alguns fabricantes japoneses já produzem unidades com esta capacidade: em setembro de 2005, o grupo Matsushita, empresa de tecnologia do Japão, introduziu uma unidade de indução com um acabamento metálico duplo que pode ser usado com utensílios de alumínio e cobre. Em 2011, a primeira geração de fogões de indução para todos os metais estava à venda em terras japonesas, mas a tecnologia ainda não é universalmente disponível.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...