Melhores e piores madeiras para armários

Escrito por wade shaddy | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Melhores e piores madeiras para armários
O carvalho é a melhor madeira para armários (Oak Wood Grain Detail Close Up image by James Phelps from Fotolia.com)

Há dois componentes de armários de madeira: madeira compensada e madeira sólida. A madeira compensada é usada em portas, frentes de gavetas e batentes. A madeira sólida é usada em portas, frentes de gavetas e molduras. Normalmente, quanto mais macia for a madeira, menos desejável para a fabricação de armários ela é. Quanto mais dura for a madeira, melhor ela é para fazer armários, mas a dureza da madeira se aplica somente à madeira sólida. A madeira compensada é classificada pela aparência.

Outras pessoas estão lendo

Madeira compensada

A rigidez não é um problema com madeiras compensadas. Elas são feitas de uma mistura composta de diferentes camadas. Há várias classificações para a madeira compensada, sendo a mais barata aquela encontrada em lojas, e as mais caras são as A-1 ou prime. As madeiras compensadas compradas em lojas têm um único lado bom, com alguns defeitos tais como nós. As madeiras classificadas como A-1 têm os dois lados bons sem defeitos. As compradas em lojas podem diferir na cor, enquanto que as A-1 têm cor consistente e uniforme. Esse tipo, normalmente seria considerado melhor para armários, e aquelas compradas em lojas as piores.

Ripas de carvalho

As ripas de carvalho poderiam ser consideradas topo de linha para armários. O carvalho é, dentre todas, uma das madeiras de lei mais comumente usadas na construção de armários. Ela é um tipo de madeira fácil de encontrar e barata se comparada com outros tipos de madeira de lei que são considerados exóticos. Esse fato, por si só, faz com que o carvalho seja considerado um dos mais desejados para a fabricação de armários. O carvalho é forte, fácil de triturar e absorve tingimento prontamente.

Abeto e pinho

O Abeto e pinho também são usados na fabricação de armários, porém ambos são madeiras coníferas. Esse fato coloca essas duas espécies no final da lista para armários de madeira. Embora sejam muito menos caras, a falta de rigidez e padrão nas fibras da madeira fazem com que o abeto e o pinho sejam uma má escolha para armários. Esse tipo é triturado facilmente mas o pinho, em particular, é cheio de nós e defeitos. O abeto é mais forte que o pinho e com menos defeitos, porém têm granularidade reta e não possui uma característica determinada.

Bordo, madeira de freixo

A madeira de bordo é cara e extremamente difícil de ser trabalhada. Ela quase não tem padrão nas suas fibras, mas assume um suave e profundo esplendor quando é aplicada tinta. Ela é considerada uma boa escolha para a construção de armários, mas o custo a torna próximo da terceira melhor escolha depois do carvalho. A madeira de freixo tem de ser considerada a segunda melhor escolha depois do carvalho. Ela tem praticamente o mesmo preço que o carvalho, mesmo nível de rigidez e tem lindos padrões de fibras. É fácil de encontrar e de ser trabalhada. Esse tipo de madeira aceita verniz tão facilmente quanto o carvalho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível