O que é o meloxicam?

Escrito por kalonji guillory | Traduzido por vinicius marques
O que é o meloxicam?

O meloxicam é indicado em muitos distúrbios inflamatórios

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

O meloxicam é um medicamento criado para o tratamento daqueles que sofrem de uma série de doenças e condições inflamatórias, como a dismenorreia primária, artrite reumatoide, osteoartrite, febre, dor de cabeça e gota. O medicamento é também utilizado pelos médicos como um analgésico. No campo veterinário, é conhecido pelo nome de Metacam.

Outras pessoas estão lendo

Definição

O meloxicam foi aprovado nos Estados Unidos pela agência reguladora americana (FDA), em abril de 2000. Ele é um fármaco anti-inflamatório não esteroide (AINE) da família dos oxicans. Os AINEs são diferentes dos medicamentos esteroidesm, mas semelhantes quanto à função de limitar a inflamação e a dor. Os AINEs mais conhecidos são o ácido acetilsalicílico e o ibuprofeno, medicamentos que não necessitam de prescrição médica para serem vendidos. Já o naproxeno, o piroxicam e o meloxicam são alguns dos AINEs mais potentes que necessitam de prescrição médica.

Como o meloxicam atua?

O meloxicam trata a dor e a inflamação, impedindo que uma substância chamada cicloxigenase induza a síntese de prostaglandinas. Com esse bloqueio, o processo inflamatório é interrompido. A síntese de prostaglandinas é a principal causa de sintomas como a dor, o inchaço e a sensibilidade, que são comumente associados à artrite e a outras doenças inflamatórias.

Quem precisa de meloxicam?

O meloxicam é normalmente prescrito para as pessoas que sofrem de artrite e de outras doenças inflamatórias. Os veterinários também podem prescrever esse medicamento, sob o nome Metacam, para animais com úlceras e em tratamento pós-operatório.

Efeitos colaterais

Há controvérsias quanto ao uso do meloxicam e outros AINEs, devido aos efeitos adversos que coincidem com a utilização dessas drogas. O uso de meloxicam tem sido associado à dor abdominal, diarreia, tonturas, erupções cutâneas e, em alguns casos, ao surgimento de gastrite e sangramento.

Uso adequado da droga

A dosagem diária de meloxicam não deve exceder 15 mg e o paciente deve tomar o medicamento no mesmo horário todos os dias. Além disso, esse fármaco não deve ser utilizado juntamente com outros AINEs ou com outros medicamentos que possuam propriedades parecidas. Drogas como o cidofovir devem ser evitadas, bem como outras drogas vendidas sem prescrição médica, como o ibuprofeno e o ácido acetilsalicílico. Pacientes com complicações cardíacas, úlceras, doença hepática ou renal, reações alérgicas a qualquer medicamento, asma e tabagismo, devem consultar o médico antes de usar o meloxicam.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media