Menstruação anormal após o parto

Escrito por sharon perkins | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Menstruação anormal após o parto
Os ciclos menstruais frequentemente se tornam irregulares após o parto (pancia image by CORRADO RIVA from Fotolia.com)

Os ciclos menstruais cessam durante a gestação. Após o parto, as mentruações da mulher podem não acontecer com o mesmo intervalo ou durar o mesmo tempo que duravam antes da gravidez. Algumas mulheres também sofrem uma mudança no fluxo menstrual, com alguns ciclos mentruais se tornando mais leves ou mais intensos. O tempo que leva até que a menstruação volte a ocorrer, após o parto, também varia. Em algumas mulheres, sangramento pós-parto atrasado pode ser confundido com uma menstruação anormal.

Outras pessoas estão lendo

Definição

Sangramentos ocorrem por até seis semanas pós-parto, enquanto o útero retorna ao seu tamanho normal e a parede do útero, mais grossa que o normal, descola. O sangramento pós-parto é vermelho-vivo nos primeiros dias e então toma um tom rosado ou amarronzado na próxima semana. Depois de duas semanas, o sangramento torna-se amarelado pelas próximas cinco semanas. Isso não é sangramento menstrual. Normalmente, mulheres que não amamentam voltam a menstruar entre sete a nove semanas após o parto, enquanto mulheres que amamentam podem não menstruar por até seis meses, segundo o instrutor de enfermagem Nan Anderson, da Universidade da Comunidade de Calhoun.

Causas

Desequilíbrios hormonais acontecem com frequência nos primeiros meses após o parto. A menstruação pode ser irregular e mais intensa que o normal pelos primeiros três ou quatro meses após dar a luz. A ovulação, que é a liberação pelo ovário de um óvulo com potencial para gerar uma nova gravidez, pode ocorrer tão cedo quanto 27 dias depois do parto e, geralmente, ocorre dentro dos dois primeiros meses em mulheres que não amamentam. Sendo assim, outra gravidez pode causar a ausência de menstruação mesmo um mês ou dois após o parto. A amamentação reprime a ovulação e a menstruação por até seis meses. A hemorragia pós-parto atrasada, que acontece em até 1% das mulheres, de acordo com o Babycenter, pode ocorrer até 12 semanas depois do parto, sendo confundida com uma menstruação anormal.

Diagnóstico

As menstruações anormalmente leves, intensas, curtas ou diferentes em outros aspectos são mais a regra do que a exceção nos primeiros meses após dar a luz. Se a menstruação anormal persistir por mais de três ou quatro meses ou não voltar dentro de alguns meses após o parto de uma mulher que não está amamentando, uma visita a um médico pode ser necessária, aconselha o Serviço Nacional de Saúde.

Tratamento

A gravidez e o parto causam várias mudanças hormonais. Leva tempo para que o corpo volte ao normal. Entretanto, os tratamentos para regular os níveis dos hormônios, como pílulas anticoncepcionais, podem ajudá-la a voltar ao normal se você não amamenta. Mulheres que estiverem amamentando seus filhos não devem tomar pílulas anticoncepcionais, avisa o Serviço Nacional de Saúde. Se acontecer uma hemorragia pós-parto atrasada, o tratamento de sua causa pode interromper esse sangramento anormal.

Considerações

Mesmo que a ausência, atraso ou quaisquer outras anormalidades da menstruação, nos primeiros meses pós-parto, sejam desagradáveis, elas raramente são prejudiciais em qualquer maneira. Entretanto, caso coágulos ou sangramentos muito intensos aconteçam de repente algumas semanas após o parto, parte da placenta ou da parede do útero pode não terem sido retiradas apropriadamente, ou pode existir uma infecção uterina. Coágulos ou sangramentos que saturem um absorvente higiênico em poucas horas precisam ser investigados, avisa o breastfeeding.com.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível