Menus de dieta para diverticulite

Escrito por sue roberts, m.p.h., r.d. | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Menus de dieta para diverticulite
Escolha sucos de frutas sem polpa para uma dieta de diverticulite (Juices image by Kristina Afanasyeva from Fotolia.com)

A diverticulite é uma condição na qual pequenas bolsas no interior das paredes do cólon, que são chamadas de divertículos, tornam-se infectadas e inflamadas. A sua origem é desconhecida, mas existem teorias que as bactérias dos resíduos que passam através do cólon estejam envolvidas. Se você tem diverticulose e desconfia que esteja sofrendo uma infecção, consulte seu médico para saber quais são as opções de tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

A presença de divertículos no cólon, chamados de diverticulose, é uma condição comum, especialmente em idosos. Você pode tê-los e nem saber até que ocorra uma infecção. Os sintomas são febre, náuseas e dores de estômago. Você também pode perceber alterações na consistência de suas fezes e na regularidade intestinal. Como os sintomas de outras doenças gastrointestinais, tais como a doença de Crohn e a síndrome do intestino irritável, podem camuflar os sintomas da diverticulite, você deve consultar seu médico para um correto diagnóstico e tratamento.

Alimentos com baixo teor de fibra

Consulte seu médico caso apresente dor, sangramento ou diarreia severa. O tratamento na maioria das vezes é com antibióticos, seguido de uma dieta líquida durante vários dias para acalmar o trato intestinal irritado. Quando apresentar melhora, o médico poderá liberar uma dieta normal com alimentos de baixo teor de fibras. De acordo com a American Dietetic Association, alguns alimentos adequados são carne, frango, peixe, pão branco, creme de trigo, ovos, sucos de frutas sem polpa, purê de batatas, leite, cremes de amendoim ou amêndoa sem pedaços, massas, pêssegos ou peras em lata, arroz branco, tofu, conservas de atum, iogurte, sorvete, pudim ou tapioca e queijo cottage. A quandidade das porções deve ser cuidadosamente controlada para evitar excessos, pois grandes quantidades de alimentos, até mesmo desses que possuem poucas fibras, podem não ser bem toleradas.

Exemplo de plano de refeição

No café da manhã, coma duas fatias de pão branco com uma colher de chá de margarina, meia xícara de creme instantâneo de cereais de trigo, meia xícara de pêssegos enlatados e uma xícara de leite desnatado.

Para o almoço, você pode comer duas fatias de pão branco, 85 gramas de atum em conserva com duas colheres de chá de maionese, meia xícara de vagens em lata e meia xícara de suco de maçã.

No lanche da tarde, consuma meia xícara de queijo cottage, três biscoitos cream cracker e meia xícara de suco de cranberry.

Desfrute de um jantar com 85 gramas de tilápia grelhada, meia porção de arroz branco, uma fatia de pão branco com uma colher de chá de margarina e uma xícara de leite desnatado.

Para a ceia, escolha meia xícara de sorvete de limão. Café, chá e água podem ser apreciados durante todo o dia.

Alimentos que devem ser evitados

Os alimentos com alto teor de fibra causam aumento da produção de fezes e como pequenos pedaços de fezes podem ficar presos nos divertículos durante o seu trânsito através do cólon, você deve evitá-los. São alimentos como feijão, leguminosas, pastas de amendoim, amêndoa ou soja com pedaços, carnes fibrosas, pães e cereais integrais, vegetais crus, frutas secas, polpa e cascas de frutas, vegetais folhosos cozidos, tais como espinafre.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível