Os metatarsos incham quando quebram?

Escrito por debbie donner | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os metatarsos incham quando quebram?
Os metatarsos são o segundo local mais frequente de fraturas por estresse (ballerina feet 2 image by jimcox40 from Fotolia.com)

Dos 206 ossos do corpo humano, quase um quarto deles está no pé. Não é à toa que as fraturas no pé sejam comuns e, dentre elas, as nos metatarsos sendo umas das mais frequentes. Os metatarsos são ossos longos e finos que ficam no meio do pé. Eles incham quando se quebram e podem causar muita dor, especialmente porque os ossos do pé dão bastante apoio e movimento ao corpo.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A estrutura do pé humano é um arranjo complexo de músculos, ossos, tendões e outros tecidos moles. Há 26 ossos no pé, sendo que 19 deles estão nas falanges e nos metatarsos. Os ossos longos e finos do metatarso são encontrados entre as falanges e os ossos do tarso (calcanhar). Os metatarsos funcionam como uma alavanca rígida que impulsiona o calcanhar e o pé. Eles ajudam a dar suporte e equilíbrio ao corpo todo.

Sintomas

Os sintomas comuns de um metatarso quebrado são inchaço, dor e hematomas escuros, que aparecem um dia ou dois depois da lesão. A dor pode aparecer gradualmente e é agravada ao caminhar, ficar de pé por muito tempo ou outras atividades de carregamento de peso. Um metatarso fraturado pode causar dor aguda ou dor na fratura que pode continuar por horas a fio, mas desaparecerá depois de várias horas de inatividade.

Tipos

Um metatarso quebrado pode ser o resultado de dois tipos diferentes de fraturas nos ossos: fraturas por estresse ou por trauma. As fraturas causadas por estresse causam rachaduras finas e pequenas no osso, além de serem ocasionadas por estresse repetitivo. Atletas, especialmente dançarinos de balé, corredores, jogadores de futebol e ginastas, frequentemente sofrem de fraturas por estresse nos metatarsos. As fraturas traumáticas, também conhecidas como fraturas agudas, são um resultado de um impacto direto no osso, como bater um dos dedos com força. Fraturas traumáticas podem ser classificadas como com deslocamentos ou sem. Quando essa fratura tiver um deslocamento, significa que o osso foi quebrado de tal maneira que ele mudou de lugar.

Tratamento

Já que os metatarsos incham quando quebrados, o inchaço junto com a dor pode ser um indicativo forte de um osso fraturado. É importante manter o pé livre de peso até que o tratamento médico seja estabelecido. Gelo pode ser aplicado para reduzir o inchaço, mas não por mais que 20 minutos de cada vez. Enrole gelo em uma toalha ou use um pacote congelado, para evitar contato direto da pele com o gelo. O tratamento primário para fraturas de estresse é o repouso e evitar o tipo de atividade que causou a fratura, por pelo menos três a quatro semanas. Com uma fratura traumática deslocada, as pontas do osso fraturado têm que ser realinhadas e mantidas imobilizadas enquanto a cicatrização ocorre. Fraturas sem deslocamento também podem requerer imobilização com o uso de um auxílio para caminhadas, uma bota apropriada para fraturas ou uma tala por seis a oito semanas.

Precauções

É importante tratar apropriadamente um metatarso quebrado para evitar o desenvolvimento de complicações sérias como a artrite, uma deformidade que pode resultar em sapatos que não servem mais, dor crônica ou falha na cicatrização completa. Geralmente, nas fraturas por estresse, a quebra do osso não aparece até duas ou três semanas depois que a lesão ocorreu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível