Método alto-baixo para custos variáveis e fixos

Escrito por sam williams | Traduzido por daniel tamayo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Método alto-baixo para custos variáveis e fixos
Os princípios de contabilidade são usados como previsões de gastos e potenciais lucros futuros (Chad Baker/Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

O método alto-baixo é uma estratégia que analisa os custos mais altos e mais baixos da empresa. Através desse método, o departamento de contabilidade pode separar o custo total em fixos e variáveis e predizer as futuras necessidades de fluxo de caixa. Os custos fixos são custos de produção e operação da empresa. Eles não flutuam. Os custos variáveis são despesas para produção que variam de compra a compra.

Propósito

Os gerentes usam o método alto-baixo como uma métrica rápida para estimar o custo futuro. Empresários novatos usam esse método como guia, na hora de buscar capital inicial. Os empresários já bem estabelecidos usam-no como indicador de lucratividade e controle de despesas. No livro "Cornerstones of Cost Accounting", Don Hansen escreve: "Apenas dois dados são necessários, os pontos de atividade alta e baixa, por isso esse método é especialmente fácil para as empresas sem um longo histórico usarem". Ele é particularmente vantajoso quando os dados financeiros disponíveis são limitados. Envolve determinar os custos fixos e variáveis de produção.

Custo variável

Em primeiro lugar, o contador escolhe um intervalo de tempo com o menor nível de atividade de gasto e produção. Depois, ele identifica o período com o nível mais alto de atividade. No livro "Managerial Accounting", o autor Ramji Balakrishnan escreve que, para estimar o custo variável, deve-se "dividir a diferença entre os níveis de atividade alto e baixo pela mudança de atividade entre esses dois pontos"; ou seja: Custos variáveis = {(Y2 (Ponto de custo Alto) − Y1(Ponto de custo Baixo} ÷ {(X2(Nível de Atividade Alto) − X1(Nível de Atividade Baixo)}.

Custo fixo

O custo fixo pode ser determinado depois que o custo variável estiver definido. A fórmula é "Custo Fixo = Custo Total - Custo Variável". A informação pode ser usada para uma análise detalhada dos custos, decisões de curto prazo e a criação de um orçamento flexível.

Limitações

A estimativa gerada por esse método pode não ser a mais precisa. Como ela só identifica dois pontos de dados, a análise não abrange outras variáveis que podem impactar o preço. Isso pode resultar em uma representação errônea dos custos reais. Em "Cost Management", Hansen escreve: "Se o ponto alto ou baixo não for representativo da relação real de custos, ela pode ser estimada erroneamente". Os negócios sazonais têm uma desvantagem específica, já que os pontos de alto e baixo depende de período de atividade extremamente alta ou baixa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível