Método Pimsleur vs. Método Rosetta Stone

Escrito por jessica martinez | Traduzido por monique oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Método Pimsleur vs. Método Rosetta Stone
Existem diferentes métodos de ensino de idiomas, cada qual com sua própria abordagem (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Aprender uma nova língua é de extrema importância para a atual conjuntura do nosso mercado global, mas isto pode ser difícil e demanda tempo. Dois respeitados métodos de ensino, o Método Pimsleur e o Roseta Stone, prometem resultados rápidos e eficazes.

Outras pessoas estão lendo

Método de aprendizagem

O Rosetta Stones ensina idiomas nas formas escrita e falada, enquanto o Pimsleur centra-se apenas na língua falada.

Metodologia Pimsleur

O Método Pimsleur baseia-se em um entendimento científico de como o cérebro aprende uma língua. Primeiro ele ensina palavras e frases mais usadas para desenvolver uma rápida aprendizagem conversacional.

Metodologia Rosetta Stone

O Rosetta Stone foca na aprendizagem intuitiva ensinando vocabulário e gramática contextualizadas, evitando exercícios repetitivos e tradução direta.

Abordagem Pimsleur

O método Pimsleur centra-se apenas na aprendizagem auditiva e não utiliza livros. Ele pode ser usado no carro ou durante uma atividade física, e é útil para quem irá visitar ou se mudar para outro país.

Abordagem Rosetta Stone

O método Rosetta Stone usa uma combinação de imagens, instruções escritas, língua falada e reconhecimento de voz, e é ideal para aqueles que desejam um entendimento aprofundado do idioma.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível