Método de provisão de devedores duvidosos

Escrito por bradley james bryant | Traduzido por josé geraldo rabello petite
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Método de provisão de devedores duvidosos
Entenda os métodos de contabilização da provisão para devedores duvidosos (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Cada segmento da indústria possui seu método de reconhecimento de receitas - isso é, formas de aceitar receitas. A maioria das empresas permite pagamentos a crédito, o que cria uma diferença em relação à contabilidade do período, que é baseada em todo o tipo de receita (vendas a crédito e em dinheiro). As vendas a crédito são chamadas de contas a receber no balancete e são tratadas como um ativo. No entanto, se não forem pagas pelos clientes, tornam-se uma perda para a empresa. Para contabilizar essa possibilidade de perda, as empresas criam uma conta de provisão (estimada) para devedores duvidosos.

Outras pessoas estão lendo

Método de percentual do total

Um método para estimar a provisão para devedores baseia-se na conta de créditos totais. A estimativa é baseada em experiência prévia ou em uma previsão a respeito da conjuntura econômica atual. Por exemplo, se ao final de um ano o balanço contabiliza contas a receber na ordem de R$ 10.000.000, a administração poderá decidir, baseada em sua experiência do passado, por alocar 1% para a conta de provisão para devedores. O cálculo é 0,01 * R$ 10.000.000. Isso resulta em um débito de R$ 100.000, para a provisão para devedores duvidosos na declaração de renda e um crédito de R$ 100.000 no balanço.

Método individual

Outro método de estimativa é a criação de uma provisão baseada em uma conta específica ou individual. Isso envolve a identificação de clientes com contas duvidosas. Por exemplo, se há 100 contas nas contas a receber, a administração pode revisar cada conta individualmente. Se encontrar 10 contas com débitos duvidosos, baseada em evidência específica, então a provisão para devedores duvidosos pode ser calculada com base apenas nessas contas. O tratamento contábil é o mesmo do primeiro método.

Método do cronograma de aging

Algumas empresas criam cronogramas de aging detalhados, com base em seu histórico. Neste caso, o número de contas duvidosas é baseada em uma agenda de aging pré-determinada. Por exemplo, uma empresa pode decidir que contas com 120 dias de atraso devem resultar em 10% de provisão, 180 dias de atraso devem resultar em 50% de provisão e 365 dias de atraso devem resultar em 100% de provisão. O tratamento contábil é o mesmo dos métodos anteriores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível