Métodos de construção de estradas

Escrito por rachel murdock | Traduzido por lucas faro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos de construção de estradas
Concreto asfáltico, comumente conhecido simplesmente como asfalto, é a superfície da estrada mais comum (Asphalt auto road in summer green landscape of Ukraine. image by Oleg Mitiukhin from Fotolia.com)

O processo básico para a construção de uma estrada é semelhante a qualquer estrada. As diferenças surgem no acabamento ou nos materiais de superfície usados ​​para terminá-la. O processo começa com um projeto, incluindo o levantamento do percurso, permitindo a drenagem e considerando o volume esperado de tráfego e desenvolvimento planejado na área. Em seguida, as camadas de base importantes são concluídas utilizando máquinas niveladoras, escavadoras, compactadores e, em seguida, a camada superficial é aplicada.

Outras pessoas estão lendo

Pavimentação de asfalto

Depois que a base da estrada é preparada e firmemente embalada, o revestimento de superfície é instalado. Asfalto, oficialmente conhecido no jargão da engenharia como concreto asfáltico, é uma substância comum para muitas estradas, proporcionando uma superfície durável e flexível. O asfalto requer uma camada de material agregado na sua sub-base e, em seguida, uma camada de base para ser colocada em cima. Antes da superfície ser pavimentada com asfalto quente, ela deve ser borrifada com uma camada de aderência do asfalto líquido. A máquina, então, aquece o ligante e agregado e os distribui a uma profundidade uniforme. Segundo o Departamento de Transportes dos EUA, mais da metade dos sistemas rodoviários interestaduais e 70 por cento de todas as estradas são pavimentadas com esse concreto asfáltico de mistura quente, também chamado de asfalto.

Pavimentação de concreto de cimento

O concreto de cimento utiliza cimento e água como agente de ligação para a mistura agregada. A pavimentação com concreto também requer espessas camadas de base de agregados compactados para formar uma superfície sólida para a estrada. Os trabalhadores devem então construir formas, ou moldes, ao longo das margens da estrada planeada para impedir o betão de vazar antes de definido. O concreto de cimento é quebrado com juntas regulares ligadas por cestas de arame e buchas. Isso permite que o betão expanda e contraia durante as variações de temperatura sazonais sem rachar a superfície da estrada. A superfície pode ser lisa ou com ranhuras, com uma máquina para uma melhor tração.

Piche e macadame

Esse estilo de pavimentação tem sido utilizado durante muitos anos e foi o primeiro tipo de estradas instalado. Hoje, o piche e a fibra são frequentemente utilizados como um material de recobrimento, não como o asfalto original em estradas públicas. No entanto, ainda é um tratamento popular para calçadas e é regularmente utilizado para a reparação de estradas em vias públicas porque é rentável e durável. Em pavimentações de piche e fibras, uma camada espessa de alcatrão ou betume é espalhada sobre a superfície de base preparada e, em seguida, uma camada de seixo, ou pedras pequenas, é espalhada sobre o piche e compactada com um rolo. As pedras podem ser de diferentes tamanhos para diferentes aparências. Quando esse método é usado para calçadas, as pedras, por vezes de cor ou decorativas, são usadas. Esse pode ser um método durável e de baixo custo de acabamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível