Métodos econômicos

Escrito por nikolay danev | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos econômicos
Os métodos econômicos ajudam a compreender melhor diversos aspectos em escala global ou doméstica (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os métodos econômicos são os princípios sobre os quais se sustenta o raciocínio econômico. Eles se preocupam com a elucidação científica da economia e com a relação entre diferentes fatores econômicos. Ao utilizar a metodologia em economia, os especialistas são capazes de determinar as consequências de uma determinada política em países e explorar o desenvolvimento em escala global ou doméstica. Os métodos principais são o experimental, o matemático, o panorama econômico e a estatística comparativa.

Outras pessoas estão lendo

O panorama econômico

O panorama econômico é o principal método utilizado para a separação dos estudos da economia. Ele promove a distinção entre certas áreas da ciência econômica. A economia moderna reconhece a divisão em macro e microeconomia. A primeira consiste em assuntos e princípios mais amplos da economia - crescimento econômico, desemprego, renda e outros. A microeconomia se refere aos estudos particulares, de esferas menores da economia - por exemplo, concorrência em um mercado, oferta e demanda, políticas e seus impactos na economia. O panorama econômico é essencial para a economia moderna por dividi-la em áreas mais compreensíveis de estudo.

Economia experimental

O método de economia experimental consiste na aplicação de dados econômicos para testar a validade de declarações relacionadas a desenvolvimentos futuros da economia. Por exemplo, se uma companhia espera por aumento na demanda de certo produto, os economistas devem utilizar os dados atuais e sobre as condições futuras de produção desse produto em particular e aplicá-los no interesse atual do público para, assim, poderem estimar o preço e a demanda do produto. Um trabalho do economista Daniel Kahneman, da Royal Swedish Academy of Science, indica que esta abordagem é relativamente nova e é utilizada na determinação de mudanças em tempo real da economia de vários países.

Economia matemática

A economia matemática é o método utilizado para calcular variáveis econômicas. Ele inclui uma grande quantidade de equações matemáticas que pretendem determinar o estado atual e futuro de uma economia. Por exemplo, métodos matemáticos da economia são utilizados para determinar a taxa de desemprego de um país. Através de uma lógica matemática estabelecida, os economistas podem esperar o aumento ou a diminuição da taxa de desemprego e avisar aos administradores para incentivar ações que reduzam os impactos de problemas que estão por vir.

Estatísticas comparativas

A economista de Harvard, Susan Athey, descreveu em seus trabalhos que a estatística comparativa é o método econômico que compara duas variáveis econômicas, antes e depois de uma mudança na economia. Esse princípio é especialmente útil na determinação da demanda e dos estoques, na análise de toda a economia e na estimativa dos impactos das políticas monetárias. Por exemplo, utilizando estatísticas comparativas, um indivíduo pode observar as mudanças nas indústrias de computadores. Utilizando dados de antes e depois de inovações como o aparecimento dos tablets no mercado, que ocorreu pela primeira vez em 2009, é lógico concluir que a demanda no futuro deve crescer por conta do aumento do público interessado e da venda crescente de tablets.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível