Métodos de pintura perolada de três camadas

Escrito por paul miceli Google | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos de pintura perolada de três camadas
As tintas de três camadas têm profundidades extremas que são sabidamente difíceis de combinar (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A tinta perolada de três camadas é cada vez mais comum na indústria de tintas automotivas. O material não é mais exclusivo para carros de luxo; agora, os fabricantes o usam largamente em muitos modelos de produção em massa. Durante todos esse anos, até profissionais de pintura em spray tiveram problemas ao aplicar a tinta perolada de três camadas, mas o processo de aplicação em três estágios tornou-se muito mais fácil à medida em que o material e a tecnologia do spray avançaram.

Outras pessoas estão lendo

Conseguindo a combinação de cor perfeita

Um dos maiores desafios encontrados com a tinta perolada de três camadas é a perfeita combinação de cor. Em materiais de três estágios, o número de camadas aplicadas ainda na fábrica estabelece a profundidade da cor. Para determinar quantas demãos são necessárias, pinte com spray seis pequenas peças de metal com a camada de base e deixe secar antes de aplicar uma camada da parte perolada. Adicione uma segunda demão para cinco dos painéis, uma terceira para quatro e assim por diante, até aplicar seis camadas na última peça de metal. Segure cada peça de metal contra a pintura original do veículo para descobrir qual combina melhor.

O primer e a camada de base

Aplique uma demão lisa de tinta perolada de três camadas e uma demão de primer para carroceria de carro antes de acrescentar a camada de base. Uma vez seca, confirme que o primer é levemente arenoso para proporcionar a superfície adesiva à qual a camada de base possa colar. Aplique duas demãos por igual de spray antes de fazer uma inspeção visual em boas condições de iluminação. Conclua uma cobertura uniforme por toda a carroceria. Reaplique demãos em áreas onde a cobertura insuficiente for óbvia; minimize o risco de transparência no acabamento final.

Camada perolada

Aplique um número igual de demãos peroladas sobre a camada de base para combinar com o número de aplicações na peça de metal escolhida. É muito importante usar exatamente os mesmos métodos de aplicação da camada perolada que os usados ao completar as tiras de teste. Senão, você pode ficar com uma combinação de cor inexata. Segure as tiras de teste contra a carroceria do carro entre as demãos para certificar-se de que você não se excedeu na profundidade da cor exigida.

Camada protetora

Uma vez seca a camada perolada, aplique duas boas demãos de camada protetora para criar um alto brilho por toda a superfície da carroceria do veículo. Como a tinta perolada de três camadas requer múltiplas demãos, os solventes podem diminuir o brilho final da camada protetora uma vez seca a tinta. Sempre deixe secar completamente os materiais de três camadas na temperatura da oficina por muitas horas antes de dar brilho nas partes embaciadas com componentes cortantes e uma máquina de polimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível