Métodos de treinamento do Michael Jordan

Escrito por steve silverman | Traduzido por pablo souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos de treinamento do Michael Jordan
Michael Jordan é, provavelmente, o maior jogador de basquete da história da NBA (basketball image by aline caldwell from Fotolia.com)

Michael Jordan é, provavelmente, o maior jogador de basquete da história da NBA. Ele foi eleito o principal atleta do século 20, pela ESPN, batendo Muhummad Ali e Babe Ruth e, se classificou 12 pontos à frente de Wilt Chamblerlain que, foi o 2º jogador de basquete listado no ranking. Jordan era um atleta talentoso e singular que, tinha um desejo ardente melhorar. Ele trabalhou duro para estar em grande forma, mais forte e desenvolver suas habilidades.

Outras pessoas estão lendo

Ponto de partida

Quando Jordan foi escolhido pelo Chicago Bulls em 1984, depois de uma carreira estelar na faculdade da Carolina do Norte, ele foi o terceiro jogador selecionado. Jordan parecia ter uma excelente carreira à sua frente por causa de sua velocidade e capacidade de saltar. Parecia que ele poderia fazer a cesta à vontade por causa de sua rapidez mas, faltava-lhe capacidade de arremesso de 3 pontos e força física. Sua temporada de estréia abriu os olhos dos torcedores. Usando sua rapidez e sua habilidade de pular, ele teve médias de 28,2 pontos por jogo, disparou 51,5% de fora e 5,9 assistências por jogo. No entanto, ele sabia que precisava trabalhar em sua força já que, ele seria pressionado quando fosse ao garrafão e, teria de usar sua força.

Força bruta

No segundo ano, Jordan foi cortado por uma lesão no tornozelo mas, depois de recuperar-se, ele decidiu tornar seu jogo mais completo. Jordan sempre foi um "rato de academia", como um jovem jogador de basquete mas, logo começou a se concentrar no treinamento de força. Enquanto ele levantava pesos, se concentrava em exercícios fundamentais de desenvolvimento. Ele contratou os serviços do personal trainer Tim Grover que, havia trabalhado com várias estrelas da NBA, no passado. Jordan se tornou seu pupilo. Exercícios como agachamentos em um objeto instável como uma bola Bosu, flexões em uma bola Physio, sentar em bolas médicas e elevações de pernas aumentaram sua força. Isso permitiu que Jordan ficasse mais forte e musculoso do que os oponentes.

Crescimento e desenvolvimento

Até a temporada 90-91, os Bulls nunca tinham chegado às finais da NBA. Eles foram parados pelo físico dos Pistons, de Detroit. Jordan sempre foi impressionado com o Joe Dumars, dos Pistons, um guarda forte, fisicamente, que tinha conseguido parar Jordan várias vezes, quando o jogo estava na linha. Enquanto Jordan pensava que, muitos dos companheiros de equipe de Dumars eram aremessadores baratos que, fariam qualquer coisa para ganhar, ele não tinha tais pensamentos sobre Dumars. Ele tinha pleno respeito por ele. Como resultado de ser parado por Dumars, redobrou seus esforços de treinamento e se tornou mais forte. O esforço valeu a pena quando Jordan e os Bulls ganharam o título da NBA 1990-91 e repetiram seu sucesso mais 2 anos.

Retorno à NBA

Depois do 3º título consecutivo dos Bulls, em 92-93, Jordan se aposentou para jogar baseball. Depois de quase 2 anos fora do jogo, decidiu voltar no fim da temporada 94-95. Em 95-96, Jordan e os Bulls começar uma corrida para mais 3 campeonatos seguidos. Jordan voltou para o treinamento de força e, adicionou treinos de agilidade e velocidade por conta do seu envelhecimento. Ele e seus companheiros de time treinavam todo dia das 11 às 13 horas. Entretanto, Jordan e um grupo seleto se encontrava antes do treino para treinar força e agilidade. Esse grupo se chamava de "clube do café da manhã" por causa da hora em que treinavam. A consistência de Jordan como um guerreiro de treino desempenhou um papel importante em seu desenvolvimento como jogador de basquete.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível